Aprenda sobre o que é ESG e como aplicar na sua confecção de moda11 min read

Sumário:

Resumo:

  • Se você ainda não sabe o que é ESG ou tem dúvidas de como aplicar na sua confecção, saiba que ele veio para mudar a gestão das organizações;
  • São três pilares importantes a serem seguidos: meio ambiente, social e governança empresarial;
  • A tecnologia pode ajudar sua empresa a ser uma organização ESG. Faça o teste grátis da multissolução Audaces360 agora!
audaces-360-free-trial

O tema da sustentabilidade vem crescendo e sendo cada vez mais um assunto discutido nas empresas. Além dela, estão sendo discutidas outras boas práticas para um melhor desempenho das organizações.

Se você nunca ouviu falar sobre ESG e se pergunta o que é, chegou o momento de embarcar na nova realidade empresarial e trazer mais evidência para seu negócio de moda.

Saiba o que é ESG e como essa pequena sigla pode transformar de vez a sua confecção.

Tenha uma ótima leitura!

O que é ESG?

Podemos definir o ESG como um conjunto de boas ações. A prática delas torna uma empresa socialmente consciente, sustentável e corretamente gerenciada.

Com o ESG, é possível medir o desempenho e o compromisso de uma empresa com a sustentabilidade.

Além disso, é possível observar se o negócio é uma opção viável de investimentos, sendo capaz de gerar impactos positivos para as áreas ambientais, sociais e financeiras e validar a consciência sobre seu papel como marca empregadora.

Uma empresa pode gerar impactos positivos ou negativos na vida de seus funcionários e clientes. Por isso, o ESG serve para que a instituição consiga entender o impacto que causa nos outros.

Leia mais: Quais são os impactos que a tecnologia aplicada na moda traz para a indústria têxtil?

Qual é a origem da sigla ESG?

ESG é uma sigla em inglês que significa Environmental (Meio Ambiente), Social e Governance (Governança). Estes três pontos são usados como critério para entender como um negócio está atuando.

O termo começou a ser usado em 2004, através de uma publicação do Pacto Global em parceria com o Banco Mundial, chamada “Who Cares Wins” (ou “Quem se Importa, Ganha”, em português).

Após isso, o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, faz uma pergunta a 50 CEOs de instituições financeiras sobre como os fatores sociais, ambientais e de governança no mercado poderiam ser integrados.

Ainda em 2004, a A Iniciativa Financeira do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEPFI) lançou um relatório que mostrava a importância dos fatores do ESG para avaliações financeiras.

Com o tempo, as melhorias nas empresas e no arrendamento financeiro passaram a ser comprovadas.

O que são investimentos ESG?

O que são investimentos ESG?

Desde a década de 60, investidores veem os investimentos ESG como uma maneira de saber em quais organizações devem aplicar seu dinheiro – ou não.

Atualmente, essa temática tem evoluído e ficado ainda mais forte. Isso porque os investidores não se preocupam apenas com os resultados financeiros do seu capital. A preocupação passou a ser o impacto que seus investimentos têm em questões climáticas, reciclagem e poluição de rios, por exemplo. Além de questões de também relacionadas com trabalho escravo.

Ao observar os investimentos ESG, é possível notar que alguns dos seus benefícios para as empresas são: melhora no desempenho financeiro, aumento da confiança do investidor e fidelização de clientes.

Existem evidências (práticas e com base em relatórios) que provam que, além de melhorar a imagem da empresa, os funcionários se sentem mais motivados a trabalhar nela e os clientes tendem a apoiá-la cada vez mais.

Como funcionam os investimentos ESG?

Se você sabe como fazer aplicações em fundos tradicionais, também saberá fazer investimentos ESG, pois são similares. A diferença é que, nos fundos ESG, a seleção acontece segundo o nível de sustentabilidade do negócio.

Para que uma empresa seja considera ESG, é preciso seguir alguns critérios, sendo eles:

  • Ser transparente;
  • Ter iniciativas sociais;
  • Reduzir emissões de gás carbônico;
  • Optar por fontes de energia renováveis;
  • Incentivar o consumo consciente;
  • Apoiar a inclusão e diversidade na empresa;
  • Ter um ambiente de trabalho respeitoso e honesto.

Qual a importância do ESG para a indústria da moda?

Como a alta demanda de produção, o processo das confecções passa por diversas etapas que usam muitos recursos naturais.

As confecções são responsáveis pela liberação de 1,2 bilhão de toneladas de gases de efeito estufa e, caso nada mude até 2050, será o setor responsável por 25% das emissões de carbono no planeta todo.

E é neste ponto que uma análise das consequências do setor se torna importante. Porém, se preocupar apenas com o meio ambiente já não é o bastante, devido às condições de trabalho.

Além do setor ambiental, as empresas devem olhar com mais responsabilidade ao social e à governança, assim se mantendo competitivas perante a outras empresas.

Estudos mostram que empresas que adotam as práticas ESG alcançam impactos positivos em suas operações e se tornam mais sustentáveis – até mesmo no quesito financeiro -, pois aumentam sua lucratividade e valor de mercado. Assim, elas se tornam mais atrativas para os investidores.

Por este motivo, a implementação das práticas ESG torna o negócio cada vez mais relevante.

Leia mais: Entenda o que é e qual o objetivo do movimento Fashion Revolution

Quais vantagens o ESG pode trazer para a sua confecção?

Quais vantagens o ESG pode trazer para a sua confecção?

Empresas que se comprometem com as práticas ESG podem ter algumas vantagens já esperadas.

Conheça 10 delas:

  1. Melhora no desempenho financeiro;
  2. Imagem superior da empresa no mercado;
  3. Aumento da confiança de investidores e clientes;
  4. Fidelidade dos consumidores;
  5. Redução de materiais e melhor produtividade;
  6. Diversidade social, maior equidade e transparência;
  7. Maior satisfação dos colaboradores;
  8. Destaque frente à concorrência nos critérios regulatórios e legais;
  9. Menores riscos ambientais causados pela empresa;
  10. Facilitação para linhas de crédito verde.

Leia mais: O que é takt time e como calcular nos processos da sua empresa?

Como os padrões ESG são medidos?

Pode parecer difícil ver os resultados positivos das boas práticas, mas não é. Essas práticas fazem parte de um conjunto de indicadores que apontam o comprometimento da empresa com o ESG. São elas:

  • Global Reporting Initiative (GRI);
  • Task Force on Climate-related Financial Disclosures (TCFD);
  • Climate Disclosure Standards Board (CDSB);
  • Sustainability Accounting Standards Board (SASB);
  • International Integrated Reporting Council (IIRC);
  • International Organization for Standardization (ISO 14001);
  • The Prince’s Accounting for Sustainability (A4S).

No Brasil, existem alguns índices para medir o ESG. Até mesmo a bolsa de valores, a B3, criou alguns para avaliar os fundos de índices (ETFs), sendo estes especialmente voltados para as práticas sustentáveis:

Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3)

Este índice analisa os dados de desempenho sustentável a partir de aspectos como eficiência econômica, justiça social, equilíbrio ambiental e governança corporativa.

Índice de Governança Corporativa (IGCT)

O Índice de Governança Corporativa sinaliza as empresas mais engajadas na governança.

Índice S&P/B3 Brasil ESG

O Índice S&P/B3 Brasil ESG atinge as empresas que integram o S&P Brazil Broad Market Index (BMI).

A empresa que deseja fazer parte desta lista deve ser elegível para investimentos estrangeiros, aderir ao Pacto Global da ONU e não integrar os setores tabagista, carvoeiro e armamentista.

Índice Carbono Eficiente (ICO2)

O Índice Carbono Eficiente foi criado em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele tem como objetivo medir o nível de engajamento das empresas com as questões de aquecimento global.

Práticas de ESG que podem ser adotadas na sua confecção

Existem algumas boas práticas de ESG que podem ser adotadas por confecções de moda.

Nas práticas ambientais, as principais são:

  • Redução de poluentes e metas para que isso seja cumprido;
  • Diminuição do uso de insumos e descarte correto dos materiais;
  • Projetos de preservação do meio ambiente;
  • Alternativas sustentáveis para materiais.

Já para as práticas sociais, a empresa deve ter iniciativas como:

  • Seguir corretamente os direitos trabalhistas;
  • Ter diversidade e inclusão no ambiente de trabalho;
  • Seguir as regras de saúde e segurança no trabalho.

E perante a governança, é preciso adotar ações como:

  • Valores, moral e ética nos negócios;
  • Políticas contra corrupção;
  • Gestão com transparência, equidade e prestação de contas;
  • Zero envolvimento com fraudes, denúncias e escândalos.

Implemente práticas de ESG na sua confecção com o melhor da tecnologia

Se você deseja aplicar o ESG na sua confecção, saiba que a tecnologia pode gerar mais sustentabilidade e comprometimento com o meio ambiente e seus colaboradores.

A Audaces tem soluções inovadoras e tecnológicas que apoiam toda a cadeia têxtil, desde a criação até a produção da peça final. Conheça nossos sistemas:

Audaces360

Se você deseja uma multissolução completa, que te ajude desde a fase criativa até o desenvolvimento de moldes, o Audaces360 é a automação que leva sua confecção a um nível superior.

Audace360 é uma tecnologia completa e que gera resultados com mais praticidade, otimizando tempo e agilizando suas entregas.

Audaces Fashion Studio

O Audaces Fashion Studio permite iniciar a criação de moda em manequins tridimensionais.

Em ambiente 100% digital, a ferramenta traz mais economia de custos, tempo e matéria-prima. Além disso, é uma grande amiga do meio ambiente, já que evita desperdícios e descartes de materiais.

Com Audaces Fashion Studio, é possível contar com a comunicação imediata e efetiva entre estilistas, modelistas e compradores. Você também pode otimizar o trabalho criativo, testando caimentos de tecidos e modificando estampas, formas e padrões.

Audaces Moldes

Moldes de alta qualidade e com precisão são de extrema importância para quem deseja realizar um bom trabalho. E com Audaces Moldes, isso é totalmente possível.

Nosso sistema permite padronizar, programar, organizar e controlar todo o processo de confecção, reduzindo custos com matéria-prima.

Audaces Encaixe e Supera

A economia de recursos é um passo obrigatório para alcançar a rentabilidade desejada. Com um sistema automatizado, é possível realizar o assentamento de qualquer peça em poucos minutos.

Por isso, o Audaces Encaixe, junto com a função Audaces Supera, permite a criação automática de filas de encaixe, trazendo economia graças aos algoritmos que as processam e mantêm a estação de trabalho livre.

Dependendo das necessidades de produção, o servidor agenda a ordem de corte, atribuindo prioridades aos marcadores.

Conclusão

Os consumidores, as práticas ecológicas e até mesmo os investidores vêm se preocupando cada vez mais com o meio ambiente e os colaboradores.

Chegou o momento de sua empresa fazer parte deste processo de mudança e garantir a transformação dentro da sua organização.

Existem muitos meios de as confecções iniciarem com o ESG, principalmente trazendo a tecnologia como uma aliada.

Um exemplo disso são os softwares, que podem otimizar o uso de tecidos, papéis e outros recursos, além de trazer mais conforto e agilidade na produção.

Assista ao nosso webinar gratuito com Wagner Heckert e Itiana Passeti e saiba como:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou deste artigo? Compartilhe

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

Mulher utilizando o fashion PLM Audaces Isa

O que sua confecção ganha ao fazer a integração de sistemas PLM e ERP?

Como a integração de sistemas como PLM e ERP impulsiona a eficiência e competitividade na moda, garantindo sucesso a longo prazo. Descubra!
Probador virtual en Shape U: guía de ropa para vender en línea

Guia para você vender mais roupas online

Para vender roupas online você precisa de estratégias. Por este motivo criamos um guia que ajudará seu e-commerce. Leia e saiba como!

Um guia completo de como funciona uma confecção de roupas

Existe um fascinante processo de como funciona uma confecção de roupas, desde a concepção inicial até a produção final. Entenda!

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

sobre o autor
Audaces
sobre o autor
Audaces

Artigos relacionados

Mulher utilizando o fashion PLM Audaces Isa

O que sua confecção ganha ao fazer a integração de sistemas PLM e ERP?

Como a integração de sistemas como PLM e ERP impulsiona a eficiência e competitividade na moda, garantindo sucesso a longo prazo. Descubra!
Probador virtual en Shape U: guía de ropa para vender en línea

Guia para você vender mais roupas online

Para vender roupas online você precisa de estratégias. Por este motivo criamos um guia que ajudará seu e-commerce. Leia e saiba como!

Um guia completo de como funciona uma confecção de roupas

Existe um fascinante processo de como funciona uma confecção de roupas, desde a concepção inicial até a produção final. Entenda!

Newsletter

Receba conteúdos e novidades Audaces Artigos, tutoriais e materiais educativos, enviados para seu inbox.

Ao cadastrar, você aceitará nossas Política de Privacidade

Newsletter

Receba conteúdos e novidades Audaces Artigos, tutoriais e materiais educativos, enviados para seu inbox.

Ao cadastrar, você aceitará nossas Política de Privacidade