Conheça a técnica de estamparia digital e seus benefícios para confecções11 min read

Resumo:

  • A estamparia digital mescla a tradição com o que há de mais tecnológico em criação têxtil;
  • A técnica se utiliza plotters, impressoras de grande escala e softwares de estamparia;
  • Experimente gerenciar cada etapa da sua produção de forma grátis com a multissolução Audaces360!

Quer economizar tempo? Dê play e ouça nosso conteúdo agora!

A arte de produzir estampas é milenar e, como a maioria dos processos têxteis, acompanhou a evolução do setor e o desenvolvimento tecnológico industrial, no qual cada vez mais tecnologias digitais são empregadas em processos até então manuais.

É o caso da estamparia digital, fruto do desenvolvimento de novas soluções práticas e rápidas para lidar com a questão das estampas em ambientes de produção em larga escala.

O resultado é um processo que mescla as tradições milenares com o que há de mais tecnológico em criação têxtil. No entanto, ainda é muito comum que haja receio em relação ao investimento em tecnologia no segmento da moda.

Para desmistificar essa ideia, o blog Audaces preparou um conteúdo completo sobre a estamparia digital e como ela é benéfica para as indústrias e confecções que desejam estar a par da transformação digital sem renunciar a seus processos tradicionais.

Acompanhe!

O que é estamparia digital?

Estamparia digital é um processo em que estampas são impressas sobre a face de um tecido a fim de personalizá-lo, utilizando, para isso, ferramentas digitais, sobretudo plotters (impressoras de grande escala) e softwares de estamparia.

Diferentemente da técnica tradicional, que utiliza métodos manuais para transferir as estampas para o tecido, a estamparia digital utiliza-se do conjunto maquinário + programa digital para desenhar infinitos padrões de estampa na superfície dos mais diversos tipos de tecidos.

Essa versatilidade é possível graças à relativa facilidade com a qual todo o processo acontece – devido à digitalização, a interferência humana na estamparia digital é mínima, resultando em um processo mais ágil, fácil e direcionado.

Leia mais: Tipo de tecido: como escolher o certo para cada roupa?

Como surgiu essa técnica?

Máquina estampando tecido

Acompanhando a evolução das milenares técnicas de estamparia em tecidos, a estamparia digital é o resultado recente dessa movimentação tecnológica na indústria têxtil.

As técnicas de impressão em grande escala são da década de 1990, mas o uso da estamparia digital nas indústrias e em larga escala tornou-se mais comum em meados dos anos 2000.

Desde então, tem sido cada vez mais adotada nas confecções que entendem a facilidade e o valor agregado que essa tecnologia gera à cadeia produtiva.

Como funciona a estamparia digital?

Você sabe como funcionam as impressoras de papel? Existe um software que faz a comunicação com o equipamento e envia para o dispositivo aquilo que deve ser impresso.

Feito isso, a impressora interpreta a imagem com base nas cores do cartucho de tintas (preto, amarelo, ciano e magenta) e faz a impressão sobre a folha de papel por meio da mistura desses pigmentos.

O mesmo processo acontece na estamparia digital. Existe um programa que faz a comunicação com a impressora, chamada de plotter, que interpreta a estampa e a imprime sobre o tecido.

Feito isso, basta finalizar o processamento do tecido e ele está pronto para seguir adiante na etapa produtiva ou entrar no ciclo de desenvolvimento de algum produto de moda, ou coleção.

Vale lembrar que, ainda dentro da estamparia digital, existem duas técnicas: a impressão direta e a sublimação.

  • Impressão direta: nesta técnica, a estampa é impressa diretamente sobre o tecido e exige uma preparação prévia deste para haver aderência dos pigmentos e da estampa pretendida;
  • Sublimação: a transferência, na sublimação, acontece do papel para o tecido, e não diretamente da plotter; então, passada uma prensa térmica sobre o tecido para transferir a estampa ao tecido. Essa técnica é mais comum em tecidos sintéticos.

Quais os benefícios da estamparia digital?

Por se tratar de um processo mais tecnológico e sustentável, é inegável que a estamparia digital proporciona diversos benefícios para as confecções que optam por investir nessa técnica.

Dentre os quais, podemos citar:

Liberdade para criar

A liberdade de criação é, sem dúvidas, um dos principais benefícios da estamparia digital. Isso porque, por meio dela, é possível obter estampas que a técnica de estamparia tradicional não consegue proporcionar.

É o caso das estampas geométricas complexas, que possuem efeitos tridimensionais, de textura, ópticos e afins. Pelo fato de o sistema de impressão desse tipo de estamparia ser digital, é possível criar modelos de estampas das mais diversas formas possíveis.

O resultado é uma liberdade criativa maior, especialmente quando o processo de estamparia está integrado à etapa criativa por meio da tecnologia, como softwares de modelagem e criação específicos.

Economia de tempo

A técnica de estamparia tradicional é, sem dúvidas, muito mais trabalhosa e demorada que a digital, sobretudo porque ela se utiliza do trabalho humano e manual, o que, quando comparado ao trabalho automatizado, torna-se menos produtivo.

Com a estamparia digital tem-se uma economia de tempo, recursos e dinheiro.

Produção em grande ou pequena escala

Outra característica vantajosa da estamparia digital é a versatilidade. No caso da estamparia manual, produções em pequena escala, como as de coleções-cápsula, por exemplo, não são rentáveis ao passo que consomem muitos recursos.

No caso da estamparia digital esse entrave não acontece – é possível criar estampas e transferi-las ao tecido em pequena, média e grande escala – adequando-se às necessidades produtivas da sua confecção.

Leia mais: Coleção-cápsula: o que é e como criar com estratégia

Qualidade das peças

Ter o controle da qualidade das peças é um dos cuidados essenciais para a indústria do vestuário. No caso da estamparia digital, graças ao uso de tecnologia e à automação, é possível garantir a padronização na impressão das estampas, coisa que não acontece nas técnicas tradicionais.

Sustentabilidade na produção

A estamparia digital consome muito menos recursos que a estamparia manual, que gera um grande desperdício de água, contribuindo para as estatísticas que apontam a indústria da moda como uma das mais poluidoras do mundo.

Por funcionar à base de equipamentos de última geração, a estamparia digital não exige a alocação de tantos recursos, sendo consideravelmente mais sustentável e eco-friendly.

Quais são as fases do processo de estamparia digital?

Peça sendo estampada digitalmente

Desde a etapa criativa, passando pelo preparo do tecido, até a impressão e o acabamento, o processo de estamparia digital passa por algumas fases bem distintas.

Quer saber quais são? Continue acompanhando a leitura deste artigo:

Escolha da arte

Tudo começa com a escolha da arte. Seja ela um modelo pré-definido ou criado pela equipe de criação, a escolha da estampa é fundamental e ela quem guia as demais etapas do processo.

Pode parecer simples, mas cada arte exige tanto cuidados de preparação do tecido diferentes quanto formas de aplicação da estampa e finalização.

Preparação do tecido

Para estampar tecidos digitalmente é necessária a preparação deste para receber a estampa. Esse preparo depende de diversos fatores, como a natureza da fibra têxtil (se natural ou sintética), no tipo de estampagem (direta ou por sublimação) e até mesmo o resultado desejado.

Tendo esses dados em mãos, é possível processar e preparar o tecido da melhor forma possível, para que a estampa se afixe e mantenha as qualidades estéticas e as características do tecido.

Leia mais: Fibras têxteis: tudo o que você precisa saber sobre o assunto – manual Audaces

Impressão

Feito isso, hora da impressão. O software onde a estampa foi criada comunica-se com a plotter e faz a impressão da arte diretamente no tecido (estamparia direta) ou em um transfer paper (sublimação), aplicado posteriormente ao tecido via prensa térmica.

Preparação do tecido para estamparia digital

Acabamento

Por fim, basta aplicar os acabamentos e encaminhar o produto para o seu destino – seja a própria confecção ou a distribuição para comercialização.

O que é necessário para implementar a estamparia digital no seu negócio?

Ao contrário do que parece, investir nas ferramentas de estamparia digital não é trabalhoso – muito pelo contrário, como você já sabe, trata-se de uma aquisição de alto custo-benefício para as confecções.

Então, para que a sua confecção também dê os primeiros passos em direção a uma cadeia produtiva automatizada, começando pelo processo de estamparia, é preciso:

  • Adaptar os espaços físicos para o novo maquinário (plotter);
  • Investir na aquisição de impressora específica e software de comunicação;
  • Treinar os profissionais diretamente envolvidos;
  • Manter o controle sobre a produção.

Leia mais: A automatização industrial no contexto das confecções 4.0 – conheça os benefícios

Conheça a ferramenta Estampa Digital Audaces Moldes

Com a Audaces, o processo de estamparia digital é todo informatizado: o desenho é transportado diretamente para o tecido, sem a utilização de quadros ou cilindros. Todo o processo de impressão é feito por meio de um programa têxtil conectado a uma impressora industrial.

Nossa solução Audaces Moldes, sistema que faz parte da multissolução Audaces 360, é apta a trabalhar com estampas digitais. Ele facilita o processo de desenvolvimento de moldes com estampa localizada ou corrida no molde.

A ferramenta Estampa Digital, função exclusiva do Audaces Moldes, desenvolvida para posicionar estampas (do tipo localizada ou corrida) somente dentro dos moldes. Com isso, é possível gerar um arquivo para as Estampadoras Digitais ou Sublimáticas com o intuito de evitar desperdícios.

Trata-se de uma forma tecnológica, rápida, eficiente e lucrativa de gerenciar tanto as estampas quanto os moldes ao mesmo tempo, agilizando o processo produtivo.

Audaces 3D

Você vem lidando com prazos apertados, problemas nas criações e retrabalho na hora de fazer suas peças? Saiba que existe um programa que pode te ajudar.

O Audaces 3D é o próximo aliado da sua empresa para acabar com as falhas no desenvolvimento de coleção. Além disso, este software é ideal para que deseja realizar um bom trabalho na hora de estampar digitalmente suas peças.

Com Audaces 3D, você consegue:

  • Aprovar desenhos e modelagem;
  • Confirmar fit e vestibilidade da peça;
  • Aprovar primeiro protótipo de forma digital;
  • Diminuir peças pilotos;
  • Economizar tempo e custos da prototipagem;
  • Gerar processos mais sustentáveis;
  • Renderizar imagens para Marketing e Vendas;
  • Possibilitar um verdadeiro provador online.

Conclusão

A digitalização é um processo fundamental para o desenvolvimento da indústria dentro do novo modelo produtivo – a Indústria 4.0. Nesse contexto, indústrias têxteis e confecções também fazem parte dos segmentos beneficiados pelo desenvolvimento tecnológico industrial.

Todas as etapas produtivas tendem a ganhar com a automação. Dentre elas, o processo de estamparia, beneficiado pela transformação digital sob a forma de estamparia digital.

Baixe nosso e-book gratuitamente e aprenda como simular estamparia digital em 3D na moda:

FAQ

O que é estamparia digital?

É um processo em que estampas são impressas sobre a face de um tecido a fim de personalizá-lo, utilizando, para isso, ferramentas digitais, sobretudo plotters (impressoras de grande escala) e softwares de estamparia.

Como surgiu a técnica de estamparia digital?

Acompanhando a evolução das milenares técnicas de estamparia em tecidos, a estamparia digital é o resultado recente dessa movimentação tecnológica na indústria têxtil.

Como funciona a estamparia digital?

Existe um programa que faz a comunicação com a impressora, interpretando a estampa e a imprimindo sobre o tecido. Feito isso, é só o processamento do tecido e ele está pronto para seguir adiante na etapa produtiva.

sobre o autor
Audaces
A Audaces é referência mundial no desenvolvimento de soluções inovadoras para o setor da moda, integrando processos, pessoas e tecnologia.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

Artigos relacionados