O que é e como funciona o controle de qualidade têxtil nas confecções? 12 min read

Sumário:

Resumo:

  • O controle de qualidade têxtil é um conjunto de atividades que verifica se um produto atende às devidas especificações técnicas;
  • Na indústria têxtil, essa prática é fundamental para identificar possíveis defeitos de fabricação, evitando desperdícios e devoluções;
  • A automatização traz mais agilidade para o controle de qualidade após a industrialização. Saiba como a tecnologia pode beneficiar a sua confecção!

Quer economizar tempo? Dê play e ouça nosso conteúdo agora!

Manter a padronização é um dos grandes desafios de qualquer empresa que trabalhe com produção em larga escala. E com a indústria da moda, não é diferente!

Felizmente, ações como o controle de qualidade têxtil são medidas estratégicas que visam à conquista desse objetivo tão importante.

Por mais complexo que seja, o controle de qualidade têxtil é uma prática indispensável para as empresas de moda. Isso porque, além de assegurar que o produto final corresponda aos requisitos mínimos de qualidade, aspectos como sustentabilidade, aumento do ciclo de vida das roupas e consumo consciente também são contemplados.

Descubra, a seguir, como garantir a melhor gestão de qualidade em seu negócio de forma ágil e eficiente.

Tenha uma ótima leitura!

O que é controle de qualidade têxtil?

Designers de moda avaliando o controle de qualidade têxtil de uma nova coleção.

O controle de qualidade têxtil é o conjunto de atividades que têm por objetivo verificar se um produto atende aos critérios mínimos de qualidade (internos e externos), além de identificar eventuais problemas, defeitos e desvios no processo produtivo.

Esse processo é definido e analisado com base nas seguintes etapas:

  • Design: aspectos de estilo e estética das roupas;
  • Materiais: fibras, fios, tecidos, aviamentos e outros materiais usados na construção do produto;
  • Produção: todos os processos para a construção do tecido e a confecção da peça, como fiação, tecelagem, modelagem, corte e costura.

Leia mais: Entenda como organizar a produção de uma confecção de roupas

A importância do controle de qualidade têxtil

Manter uma padronização é essencial, porque falhas colocam em xeque a eficiência e a qualidade do produto, assim como a visibilidade e a confiabilidade da marca.

Com todos esses motivos, fica claro por que a gestão da qualidade é tão importante para o setor têxtil, certo?

Ainda assim, listamos mais algumas razões pelas quais você deve investir e aperfeiçoar essa estratégia na sua confecção. Confira, a seguir:

Mantém os consumidores seguros e satisfeitos

O consumidor final é quem irá avaliar com maior exigência a qualidade do produto oferecido pela sua confecção. Afinal, é direito dele ter uma experiência de consumo satisfatória.

Dessa forma, qualquer problema identificado tem chance de impactar diretamente a confiabilidade do seu negócio. Isso porque, com o aumento das interações online e reviews de consumidores nas redes sociais, eles podem tanto atrair quanto desencorajar novos clientes a adquirirem o seu produto.

Portanto, tenha em mente: qualidade é sinônimo de vendas, satisfação do cliente, faturamento e fidelização para a sua marca!

No caso de segmentos sazonais, como o de vestuário, uma coleção desenvolvida com rigoroso controle de qualidade pode garantir o interesse do consumidor pelas próximas novidades.

Identifica e evita erros

Como dissemos, uma das funções do controle de qualidade após a industrialização é a de identificar erros e gargalos nos processos produtivos.

Isso se deve ao fato de que, etapa a etapa, o produto final é avaliado. Assim, caso sejam detectadas inconsistências, é possível identificar imediatamente qual é o estágio causador delas.

Em termos de gestão, esse é um excelente recurso para impedir futuros defeitos e refações, uma vez que a prática permite observar padrões e falhas em seu local e momento de ocorrência.

Gera garantia de padronização

A padronização é, ao mesmo tempo, o principal objetivo e a grande vantagem do controle de qualidade após a industrialização.

Nesse aspecto, vale ressaltar que, quando bem executado, o controle de qualidade têxtil permite não somente a padronização dos produtos de vestuário, como também dos processos envolvidos na produção.

Promove melhoria contínua

Por fim, um dos benefícios da gestão de qualidade para as confecções é a constante melhoria proporcionada pela identificação de problemas para que eles não voltem a se repetir.

Também acontecem aperfeiçoamentos periódicos e eventuais mudanças nos critérios de qualidade, já que essa prática exige a revisão dos processos de tempos em tempos.

Quais as funções do controle de qualidade têxtil?

Como já antecipamos, a principal função do controle de qualidade têxtil é melhorar a padronização dos produtos e processos, tornando-os mais ágeis, eficientes, rentáveis e sustentáveis.

Há exemplos que indicam mais fortemente a função primordial do controle de qualidade, como em uma empresa de vestuário cujas peças não estejam dentro de uma padronização de modelagem, corte, costura e afins.

Isso é negativo não somente em termos de qualidade, mas também de precificação.

Se não há o controle e a padronização dos insumos usados na fabricação, não há uniformidade no preço final, gerando desperdícios e risco de prejuízos para a confecção.

Leia mais: Quais são os impactos que a tecnologia aplicada na moda traz para a indústria têxtil?

Quais são os benefícios do controle de qualidade têxtil?

Podemos citar diversos motivos pelos quais sua confecção deve aderir ao controle de qualidade têxtil.

Conheça os principais:

  • Qualidade e melhoria contínuas das peças produzidas;
  • Estímulo à cultura da qualidade e da padronização;
  • Eficácia na alocação e no uso dos insumos produtivos;
  • Diminuição dos erros produtivos e retrabalhos;
  • Redução dos custos invisíveis e maximização da lucratividade;
  • Padronização dos produtos e processos;
  • Otimização das vendas, visibilidade da marca e fidelização de clientes;
  • Identificação de gargalos produtivos e antecipação de riscos à cadeia produtiva.
  • Melhoria do fluxo produtivo: produtos corretos, livre de defeitos e que satisfazem os clientes.

Como fazer o controle de qualidade após a industrialização?

Estilistas analisando peças para controle.

Agora que você já sabe como funciona o controle de qualidade têxtil, assim como sua importância e benefícios, é hora de entender como aplicá-lo ao seu negócio.

Confira um passo a passo prático, a seguir:

Faça a análise de processos

O primeiro passo para reavaliar ou implantar a gestão de controle em um negócio é revisar os processos atuais que envolvam produção, gestão, logística e distribuição.

Vale lembrar que são justamente falhas dessa natureza que causam defeitos nos produtos. Por isso, é imprescindível começar por aí.

Defina as ferramentas a serem usadas

Feito isso, é provável que sejam identificados erros e gargalos produtivos logo de início. Ainda não é o momento de agir sobre eles, mas sim de definir quais as ferramentas mais adequadas para resolvê-los.

Já falamos sobre várias delas aqui no blog: lean manufacturing, just in time, PCP etc. Aproprie-se das ferramentas que mais fazem sentido no seu contexto e prepare-se para aplicá-las.

Faça a correção de falhas

Levantados os problemas, os critérios de qualidade e a forma de solução, é hora de colocar a mão na massa!

Trace um plano de ação estratégico junto com os demais responsáveis pelos setores e comece a eliminar os problemas por ordem de prioridade.

Monitore a satisfação do cliente

Por fim, além de manter uma frequência de monitoramento dos processos, é preciso monitorar o índice de satisfação do cliente. Esse é o indicador mais direto para entender se a qualidade do produto está obtendo os efeitos desejados.

Leia mais: Por que olhar para consumo e produção sustentáveis na sua empresa?

Quais são as principais ferramentas de controle de qualidade?

Manter o controle sobre tantas etapas produtivas não é a mais fácil das tarefas. Por isso, contar com a ajuda de algumas ferramentas específicas faz toda a diferença.

Conheça as principais recomendadas:

Diagrama de Pareto

O Diagrama de Pareto, ou Gráfico de Pareto, é uma ferramenta especialmente importante para a gestão de qualidade porque permite organizar as causas de um problema de forma ordenada.

Também é possível, por meio do diagrama, a priorização das demandas conforme a gravidade do problema.

Ciclo PDCA

Outra ferramenta de resolução de problemas é o ciclo PDCA (plan-do-check-act). Por meio das ações prescritas na metodologia, é possível chegar a um plano de ação interativo e eficiente.

Checklists

As checklists costumam ser planilhas de coleta e análise de dados. No contexto do controle de qualidade, podem ser usadas como ferramenta de controle de ações, organizando e facilitando a resolução de tarefas.

Como é a gestão de controle de qualidade têxtil na prática?

Já vimos que o controle de qualidade têxtil é responsável pela padronização da produção, usando as especificações técnicas como guias.

A última peça costurada deve ser igual à primeira. Um modelista pode fazer uma peça de roupa com perfeição, mas é muito difícil controlar a qualidade da produção em massa, com milhares de peças.

Conheça outras especificidades do controle de qualidade aplicado às confecções:

Amostragem aleatória ou individual

Para garantir que a produção seja feita corretamente, evitando devoluções, tanto as roupas que estão em processo de fabricação quanto as que já estão prontas devem ser inspecionadas uma a uma – ou por amostragem aleatória.

Especificações técnicas

Os profissionais que controlam a qualidade não só verificam as costuras, como também conferem as medidas em comparação com as especificações originais.

Inspeção in loco

As equipes de controle de qualidade, por vezes, precisam se deslocar para verificar a qualidade nas fábricas das facções. Se houver erros na primeira inspeção, o gerente de produção tenta corrigi-los nos estágios de costura ou de corte.

Como a tecnologia pode auxiliar o controle de qualidade têxtil?

Uso da tecnologia como aliada para o controle de qualidade têxtil.

Como vimos, o controle de qualidade têxtil é um universo complexo e envolve uma gama imensa de variáveis, como os tipos de tecido, a modelagem, a estamparia, passando pela relação com fornecedores de confiança até a entrega das peças ao consumidor final.

Diante do nível de detalhamento da gestão, somado às novas exigências da Indústria 4.0, a tecnologia torna-se fundamental para um controle de qualidade têxtil eficaz.

Além disso, investir em uma gestão automatizada ajuda seu negócio de moda a desempenhar práticas de produção mais sustentáveis. Nesse sentido, veja o que a Audaces pode oferecer:

Audaces360

O Audaces360 é uma multissolução completa e inovadora que integra todos os processos, desde a criação até a produção.

Esse sistema pode ser o principal aliado da sua confecção para a adequação dos produtos aos devidos critérios técnicos, evitando desperdícios, refações e devoluções.

Audaces Isa

Com o Audaces Isa, você consegue controlar e organizar toda a parte técnica da sua coleção de moda!

O Fashion PLM Audaces Isa foi pensado para quem precisa de ajuda com o gerenciamento do ciclo de vida dos produtos de moda, algo essencial para quem deseja lançar uma linha de roupas de forma consciente e assertiva.

Audaces Encaixe

Ter uma boa gestão de recursos é um passo obrigatório para que a sua confecção alcance a rentabilidade desejada. O Audaces Encaixe te ajuda nessa economia, com máximo aproveitamento de tecido.

O sistema automatizado de encaixes da Audaces possibilita o assentamento de qualquer peça em poucos minutos.

Conclusão

Agora que você já sabe como aplicar o melhor sistema de controle de qualidade têxtil para a sua empresa, descubra como a Audaces te ajuda a sair na frente da concorrência.

Baixe nosso e-book gratuitamente:

FAQ

O que é controle de qualidade têxtil?

O controle de qualidade têxtil é um conjunto de atividades que verificam se um produto atende devidamente às especificações técnicas.

Como fazer controle de qualidade têxtil?

Primeiro, é preciso fazer uma análise de todos os processos e definir as melhores ferramentas. Em seguida, as peças devem ser inspecionadas e comparadas em relação às coordenadas originais. Muitas vezes, é necessário também visitar a fábrica in loco.

Por que o controle de qualidade têxtil é importante?

Por a prática ser responsável por padronizar os produtos e processos, tornando-os mais ágeis, eficientes, rentáveis e sustentáveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou deste artigo? Compartilhe

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

Mulher utilizando o fashion PLM Audaces Isa

O que sua confecção ganha ao fazer a integração de sistemas PLM e ERP?

Como a integração de sistemas como PLM e ERP impulsiona a eficiência e competitividade na moda, garantindo sucesso a longo prazo. Descubra!
Probador virtual en Shape U: guía de ropa para vender en línea

Guia para você vender mais roupas online

Para vender roupas online você precisa de estratégias. Por este motivo criamos um guia que ajudará seu e-commerce. Leia e saiba como!

Um guia completo de como funciona uma confecção de roupas

Existe um fascinante processo de como funciona uma confecção de roupas, desde a concepção inicial até a produção final. Entenda!

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

sobre o autor
Audaces
sobre o autor
Audaces

Artigos relacionados

Mulher utilizando o fashion PLM Audaces Isa

O que sua confecção ganha ao fazer a integração de sistemas PLM e ERP?

Como a integração de sistemas como PLM e ERP impulsiona a eficiência e competitividade na moda, garantindo sucesso a longo prazo. Descubra!
Probador virtual en Shape U: guía de ropa para vender en línea

Guia para você vender mais roupas online

Para vender roupas online você precisa de estratégias. Por este motivo criamos um guia que ajudará seu e-commerce. Leia e saiba como!

Um guia completo de como funciona uma confecção de roupas

Existe um fascinante processo de como funciona uma confecção de roupas, desde a concepção inicial até a produção final. Entenda!

Newsletter

Receba conteúdos e novidades Audaces Artigos, tutoriais e materiais educativos, enviados para seu inbox.

Ao cadastrar, você aceitará nossas Política de Privacidade

Newsletter

Receba conteúdos e novidades Audaces Artigos, tutoriais e materiais educativos, enviados para seu inbox.

Ao cadastrar, você aceitará nossas Política de Privacidade