Confira o calendário de moda com as datas mais importantes para o setor têxtil12 min read

Sumário:

Resumo:

  • Ter um calendário de moda é importante para qualquer confecção, independente do seu tamanho;
  • Trabalhar com datas de lançamento ajuda a criar expectativa e gerar hype entre o público;
  • Amplie as possibilidades de criação e garanta a precisão das suas datas de lançamento com a multissolução Audaces360. Gerencie sua confecção com maior poder, faça o teste grátis!

Quer economizar tempo? Dê play e ouça nosso conteúdo agora!

Chefs elaboram cardápios, professores desenvolvem currículos e profissionais da moda contam com calendário da moda. A organização da produção de uma empresa é muito importante para o seu desempenho e eficiência. E colocar datas nesses planos deixa tudo mais fácil de executar.

Quando falamos de moda, cronogramas de lançamentos ainda ganham duas funções a mais. Primeiro, as peças de outono/inverno não servem para primavera/verão, normalmente. Colocar a produção e planejamento de vendas dessa conta é importante. Segundo, ajuda na promoção das coleções.

Entender o que é um calendário de moda, os diferentes tipos e os principais eventos é importantíssimo para qualquer profissional da confecção. Planejamento de negócio deve ser feito a curto, médio e longo prazo. Esse último, você aprenderá a fazer hoje, com o artigo abaixo.

Faça uma boa leitura!

O que é um calendário de moda?

O calendário de moda é a organização cronológica das ações de uma marca desse setor. Ele pode ser aplicado de forma totalmente individual, conforme as necessidades da sua confecção.

No entanto, o mais usual é as empresas usarem calendários semelhantes, se conectando a semanas da moda, eventos importantes, sazonalidade e outros eventos que afeta todos em comum.

Um dos exemplos mais tradicionais de calendário da moda é o que foi criado em 1857 por Charles-Frédérick Worth, pioneiro da hault couture, em 1857. O profissional vendia suas peças de roupas prontas para usar, criadas especialmente para cada estação do ano, que foram apresentadas por modelos.

Alguns anos depois, em 1943, ocorreu a Press Week, a primeira semana de moda do mundo ocidental, criada pela jornalista Eleanor Lambert.

Se você conferir a data, perceberá que ocorreu na época da Segunda Guerra Mundial. Como o conflito impediu muitos de irem até Paris, Eleanor criou o evento para apresentar as coleções para os interessados.

A partir disso, os calendários de moda e as semanas de moda, que não são a mesma coisa, mas estão altamente ligados, evoluíram e se diversificaram. Hoje ocorrem em vários formatos, não se restringem à alta-costura e podem ir completamente contra a norma, se assim os profissionais desejarem.

A confecção pode ter seu calendário de moda privado e compartilhar com o público apenas o que for necessário para a divulgação. Também pode ter um para produção e outro para lançamento, assim segmentando ainda mais a organização do seu trabalho.

Calendário de produção x calendário de lançamento

O calendário de moda costuma servir a duas funções, produção ou lançamento. Não é incomum, e até é mais recomendado, que uma confecção use os dois. Um deles é, geralmente, interno. O outro, pode ou não ser público, conforme o interesse e a estratégia de divulgação.

O calendário de produção serve para você e sua equipe se organizarem. Até que data precisam criar todos os modelos? Qual o prazo para a prototipagem? Quando vocês precisam entregar essas peças? E o começo da divulgação, quando começa? Com um calendário de moda para produção fica mais fácil.

Colocar os eventos, como estações, datas festivas e semanas de moda, nesse calendário faz muito sentido, viu? Eles ajudam a visualizar sua situação no panorama cronológico.

Pode-se entender onde atrasos podem acontecer ou jamais devem ser cogitados, por exemplo. Também mostram oportunidades de repensar suas etapas.

Quando uma confecção firma um collab, por exemplo, esse calendário dá mais transparência e segurança nessa parceria.

E precificação é uma etapa estratégica muito importante que deve ser acompanhada do calendário. São muitos os passos do planejamento que usam um calendário de produção.

Já o calendário de moda de lançamento serve para mostrar ao seu público quando suas coleções estarão disponíveis para admiração, compra e uso. No entanto, tome cuidado ao divulgar datas.

Atrasos podem ocorrer, assim também pode ser mais interessante mexer em datas conforme obstáculos e oportunidades mercadológicas. Se houver modificação na data divulgada, os clientes podem se sentir “traídos”.

Leia mais: O que é collab na moda? Conheça as vantagens e exemplos de sucesso

Como funciona um calendário de moda?

O planejamento de uma confecção precisa usar um calendário de moda.

Cada confecção pode ter calendários que mais convém às suas necessidades. No entanto, como já explicamos, há momentos comuns no ano que afetam a todas as marcas. Contaremos mais a frente quais eles são. Mas, antes, cabe uma ressalva.

Uma marca pequena de loja física no interior de algum estado brasileiro, vende em um cenário climático e cultural específico. Já e-commerces que vendem para o Brasil e mundo afora lidam com mais pessoas de diferentes lugares. Só isso já é o suficiente para que você leia as dicas abaixo estrategicamente, para seu contexto.

Confira agora o funcionamento mais comum de um calendário de moda:

Sazonalidade no calendário de moda

A sazonalidade nos calendários de moda diz muito sobre o tipo de peça que será vendida. O clima, a temperatura, a umidade e principalmente as festividades moldam muito as coleções. Pensar no estilo do seu público, nos seus gostos e preferências, também impactam na definição desse calendário.

A norma cultural para o Natal é pensarmos em casacos por causa da influência da cultura do hemisfério norte. Só que casaco de lã não combina nada com o calorão do nordeste brasileiro em dezembro, não é mesmo? E se você tratar de uma marca focada no público judaico, não vai querer pensar em peças natalícias.

O impacto da sazonalidade é muito forte em um calendário. Querer vender maiô no alto inverno pode não ser uma boa ideia. Ainda mais com preço cheio e acima da média. Até tem público que compra “roupa fora de época”, mas o objetivo dessas pessoas geralmente é ir atrás de liquidação.

Entenda melhor sobre cada estação nos tópicos a seguir:

Coleção Outono/Inverno

Coleções de Outono e Inverno são um charme a parte. Desde blusinhas com manga mais comprida a casacões grossos, você tem muitas possibilidades de aquecer seu público nessa data do calendário de moda. Porém, o frio nordestino e o frio sulista são diferentes, por exemplo. Leve isso em consideração.

Liquidação de Inverno

A liquidação de inverno começa quando a temperatura esquenta. Aproveite para oferecer descontos na primavera, aumentando suas vendas de produtos que ficariam esquecidos, até mofando no estoque. Mas não se esqueça de oferecer preços que tenham alguma lucratividade. Liquidação não é doação.

Coleção Primavera/Verão

O tempo começou a esquentar, é hora de trocar os casacos das prateleiras pelas blusas mais leves. Desde roupas mais floridas, de cores alegres, até moda praia, que se intensifica o Alto Verão, há muitas possibilidades para fazer bonito com seu calendário de moda de produção. Aproveite as oportunidades.

Coleção Alto Verão

O calor no seu ápice precisa de coleções adaptadas. Você pode abraçar tanto quem está curtindo a praia quanto quem teve que ficar trabalhando na cidade. Para ambos, roupas mais frescas, com cores quentes, podem ser uma boa ideia. Também pode ser uma oportunidade de oferecer uma linha de roupas de banho.

Liquidação de Verão

Poucas pessoas compram biquini, maiô, sunga ou calção de banho no friozão de julho. Faça sua liquidação de verão nesses momentos mais frios do ano. O seu calendário de moda precisa se adaptar às demandas do mercado para que sua confecção se sustente financeiramente.

Como as semanas de moda entram nessas datas?

O calendário de moda geral, isso é, a lista de eventos que afetam todas as marcas, é marcado tanto pela sazonalidade, que já mencionamos acima, quanto pelas semanas de moda.

Esses eventos, que podem ser regionais ou internacionais, apontam tendências, incitam desejo de consumo, definem novos caminhos para o comportamento do público. E tudo isso afeta sua produção, direta ou indiretamente.

Elas podem mudar como a sua criação ou promoção se comportarão. Imagine que seu estilo de marca fale sobre independência e relaciona isso a uma cor específica. Depois de aprovar as peças, uma semana de moda aponta que essa qualidade é representada por outra cor ou combinação de cores. O que você faz?

É preciso repensar. Ou você modifica suas peças ou aprimora seu discurso. Coloca-se afrontando o que as passarelas dizem ou se adepta para mostrar que se sintoniza com as tendências?

Claro, isso depende em que etapa de produção sua coleção está. O importante é ser estratégico e fiel ao seu posicionamento de marca.

Leia mais: Entenda como a sazonalidade do clima determina as temporadas de moda

Quais são os principais eventos do calendário de moda?

Fashion weeks são eventos importantíssimos em um calendário de moda.

Confira os principais eventos do calendário de moda mundial e nacional, junto com os meses em que geralmente ocorrem. Alguns deles têm duas edições por ano. Todos possuem datas variáveis, então pesquise com exatidão quando acontecerá no ano corrente.

Leia mais: Conheça os principais termos da indústria fashion com nosso dicionário da moda

Como acontecem as promoções nos fins de temporada do calendário de moda?

Vamos falar de promoções de fim de temporada com um exemplo prático, do alto verão? Se em dezembro o sol já está no auge, quem ia para a praia já foi ou vai em breve, pouca gente vai comprar peças da temporada – pois já foram compradas.

Por isso, final de janeiro e começo de fevereiro enxergam as primeiras promoções do ano: as peças que não foram vendidas no alto verão. O mesmo acontece mais à frente. De março a julho, as peças de outono e inverno são vendidas a rodo.

Cada semana traz mais frio e casacos quentinhos para o corpo e quentíssimos na passarela são alvo de consumo. Mas o que acontece com o cardigã que fica no estoque quando o frio baixa e as flores trazem a primavera? Outra promoção.

Basicamente, as promoções de calendários de moda remetem principalmente à sazonalidade das peças, e isso importa tanto para datas comemorativas quanto para estações inteiras.

As tendências duram uma temporada, ou seja, têm um prazo para serem vendidas. A cor do ano de 2023 pela Pantone não é a mesma de 2024, por exemplo.

Leia mais: Descubra o que é eficiência produtiva e como aplicá-la na sua confecção

Como o Audaces Isa pode ajudar na criação da próxima coleção do seu calendário de moda?

Audaces Isa é uma solução de gerenciamento de coleções que dão mais assertividade para essa gestão. Assim, você tem um controle total sobre as etapas, aumenta o poder de criação e está sempre à frente do relógio para entregar as melhores peças a tempo de todo o calendário de moda.

Confira alguns dos benefícios do Audaces Isa:

  • Simplificar o planejamento ao criar mapas visuais das coleções;
  • Definir etapas claras para que toda equipe siga o mesmo objetivo;
  • Antecipar custos e agilizar a aprovação da coleção;
  • Antecipar os custos e agilizar a aprovação da coleção;
  • Acompanhar todos os estágios dos modelos de sua coleção e aprimorar o fluxo de trabalho;
  • Criar um histórico de modelos já desenvolvidos, assim pode-se reutilizá-los como base para planejar as próximas peças;
  • Visualizar relatórios baseados nas informações de modelos e coleções;
  • E muito mais!

Tudo isso você confere em nosso teste grátis. E nem precisa marcar no calendário: peça já o seu!

FAQ

O que é um calendário de moda?

O calendário de moda é a organização cronológica das ações de uma marca desse setor. Ele pode ser aplicado de forma totalmente individual, conforme as necessidades da sua confecção.

Como funciona um calendário de moda?

Cada confecção pode ter calendários que mais convém às suas necessidades. No entanto, como já explicamos, há momentos comuns no ano que afetam a todas as marcas. Contaremos mais a frente quais eles são.

Como as semanas de moda entram nessas datas?

Esses eventos, que podem ser regionais ou internacionais, apontam tendências, incitam desejo de consumo, definem novos caminhos para o comportamento do público. E tudo isso afeta sua produção, direta ou indiretamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou deste artigo? Compartilhe

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

como trabalhar com moda: mulheres em ambiente de trabalho fashion

Conheça as oportunidades de carreira na moda e saiba qual seguir

Criatividade, técnica e influência são essenciais para quem deseja saber como trabalhar com moda. Explore os bastidores deste universo!
Mulher crando desenhos rápidos de forma tecnológica

Por que fazer desenho rápido para suas coleções de moda?

Os desenhos rápidos de moda são essencial para inovação e eficiência na criação de coleções, adaptando-se às demandas do mercado. Saiba mais!
Peças de roupa em tons terrosos

Como tons terrosos têm se tornado destaque entre coleções de moda?

Da elegância atemporal à versatilidade vibrante, uma paleta que transcende estações e inspira criação. Saiba como usar os tons terrosos!

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

sobre o autor
Audaces
sobre o autor
Audaces

Artigos relacionados

como trabalhar com moda: mulheres em ambiente de trabalho fashion

Conheça as oportunidades de carreira na moda e saiba qual seguir

Criatividade, técnica e influência são essenciais para quem deseja saber como trabalhar com moda. Explore os bastidores deste universo!
Mulher crando desenhos rápidos de forma tecnológica

Por que fazer desenho rápido para suas coleções de moda?

Os desenhos rápidos de moda são essencial para inovação e eficiência na criação de coleções, adaptando-se às demandas do mercado. Saiba mais!
Peças de roupa em tons terrosos

Como tons terrosos têm se tornado destaque entre coleções de moda?

Da elegância atemporal à versatilidade vibrante, uma paleta que transcende estações e inspira criação. Saiba como usar os tons terrosos!