Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

15/04/2014

Estilo de Vida no Modelo CEvI

Os grisalhos de hoje, também conhecidos como baby boomers por terem nascido imediatamente após a 2ª Guerra Mundial, constituem um novo grupo de consumidores, pois mudaram as atitudes para o envelhecimento e desafiaram o estereótipo tradicional dos idosos. Sabe-se que as pessoas mais velhas têm suas escolhas limitadas no mercado da moda, mas os baby boomers, na sua maioria, tendem a ser fisicamente ativos e psicologicamente jovens.

Voltando ao trabalho de Rocha et al. (2005), as aspirações relacionadas ao estilo de vida no modelo CEvI é levado em consideração, fornecendo novos insights sobre as complexidades inerentes ao consumo, em especial na relação corpo/mente. A dimensão estilo de vida no modelo CEvI tem sido usada em pesquisas de mercado porque se relaciona com o ambiente social que a afeta. Ao contrário da dimensão Corpo, o Estilo de vida parece não ter um impacto significativo distinto entre consumidores mais jovens e mais velhos. Por outro lado, a educação, a renda e as distinções de classe social determinam prioridades no estilo de vida.

Considerando que a sociedade passa por recentes transformações e que o advento da globalização ao mesmo tempo em que sugere a facilidade de trocas entre grupos, também pode precipitar atitudes nacionalistas locais. Nesse sentido, a sociedade pós-moderna, especialmente nas culturas ocidentais neoliberais, tem modificado seus valores e estilo de vida de tal forma que o consumo também tem sido indubitavelmente influenciado. Um estudo do Henley Centre (2002) mostra as diferenças de modo de vida em sociedades tradicionais e contemporâneas no Reino Unido, como mostra a Figura abaixo.
 

Mudanças do Estilo de Vida ao Longo do Tempo (traduzido de HENLEY CENTRE, 2000)/ Reprodução

 

O estudo demonstra, por meio da dinâmica domiciliar que as alterações no tamanho das famílias tem se tornado cada vez mais frequentes, e como consequência o consumo também se altera, seja por estar morando só ou por estar acompanhado. Desta forma, as estratégias de segmentação de mercado através da análise psicológica do contexto social de cada consumidor tende a dar apoio adequado para orientação no desenvolvimento e uso de produtos de moda-vestuário.

Por Maria Alice Rocha
Doutora (PhD) em Design de Moda

Referências
HENLEY CENTRE. Economic Forecasting Report. London: The Henley Centre, 2002.
ROCHA, M. A. V.; HAMMOND, L. & HAWKINS, D. Age, Gender and National Factors in Fashion Consumption. Journal of Fashion Marketing and Management, Volume 9, Issue 4, pp. 380-390, 2005.

Leia também…
Gerações juvenis: como elas se relacionam com a moda?
Geração y e a relação com a moda
 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

produto-de-moda-desenvolvimento-industria-4.0-audaces

24/11/2020

Como aperfeiçoar o produto de moda com tecnologias da Indústria 4.0

Escrito por Audaces

indústria têxtil

24/11/2020

Indústria têxtil: matérias-primas podem ser naturais e químicas?

Escrito por Audaces

Listras de tinta com cores do círculo cromático

16/11/2020

O que é círculo cromático e como combinar cores na moda

Escrito por Audaces