Entenda como criar coleções com os principais tipos de couro10 min read

Resumo:

  • O profissional da moda precisa conhecer o básico de todos os materiais e, entre eles, os tipos de couro com certeza é um conhecimento que nenhum criador fashion pode ignorar;
  • Dos legítimos aos ecológicos, os tipos de couro atendem a diferentes necessidades criativas, ideológicas e financeiras, e são os favoritos de muitas marcas de alto luxo;
  • Não desperdice um centímetro de couro ou qualquer outro material, caro ou não, ao criar e gerenciar coleções com mais assertividade usando a multissolução Audaces360. Faça o teste grátis agora!

Quer economizar tempo? Dê play e ouça nosso conteúdo agora!

Você sabe a diferença entre couro legítimo ou sintético, por exemplo? E os tecidos derivados desse material? Imagina ir comprar couro para sua criação e se enganar ou desperdiçar matéria-prima por não saber usar. Mas não se preocupe, ensinaremos você a identificar e a manejar os diferentes tipos de couro.

Existem ao menos 4 tipos de couro que todos profissionais devem conhecer. No entanto, seu estudo não deve parar por aí. Há também 5 tecidos vindos do couro que agregarão bastante ao seu arsenal criativo. Depois de mostrarmos o que são esses materiais, mostraremos como identificar os mais adequados.

Quando você aprender a escolher a matéria-prima, iremos para o passo seguinte. Temos lições de como manejar o material sem desperdiçá-lo e acabar jogando dinheiro fora durante a modelagem. Afinal, couro não costuma ser uma matéria-prima de baixo custo.

Faça uma boa leitura!

Quais são os principais tipos de couro?

Os diferentes tipos de couro podem ser usados para várias peças de roupa e acessórios.

Couro legítimo

Esse é o tipo de couro mais comum e popular, de origem animal. Ele pode vir de bovinos, cobras, e até jacarés, sendo este último mais raro em razão de proteção ambiental.

É caracterizado por ser bastante resistente e ter passado diversas vezes pelo processo de curtimento. A versão de origem bovina é considerada bastante acessível e pode ser usada em roupas, calçados, acessórios, estofados, estampas, entre outros produtos.

Couro sintético

Essa é a opção tanto para veganos quanto para quem possui menos recursos, visto que o couro sintético pode ser bem mais econômico. Pode ser melhor para você e com certeza é melhor para os animais.

O problema desse material, no entanto, é sua baixíssima qualidade em comparação com o legítimo, apresentando baixa durabilidade, resistência e impermeabilidade. No entanto, com a evolução do investimento em materiais veganos, esse quadro pode mudar.

Couro ecológico

Esse material também tem origem animal e a qualidade ecológica vem da redução de uso de metais pesados na sua produção, mudando seu processo de curtimento.

Como se usam taninos vegetais no seu tratamento, as proteínas dessa pele ficam mais resistentes à decomposição e usam menos água, reduzindo a agressão à natureza tanto na produção quanto ao diminuir a frequência de descarte.

Camurça

A camurça é famosa em regiões mais frias do Brasil. Esse tipo de couro é bastante versátil e também é derivado da pele de diversos animais, com seu processo de curtimento acontecendo na parte interna. Dessa forma, os tratamentos químicos tornam a camurça um couro versátil e macio.

Leia mais: Aplique eficiência produtiva na sua produção

Principais tipos de tecidos feitos a partir do couro

Os tecidos e os tipos de couro ainda podem ser divididos em mais categorias do que além das mostradas acima. Algumas opções se referem a tratamentos ou matérias-primais mais específicas, como cabras ou até abacaxi. Confira abaixo alguns dos mais interessantes:

Piñatex

Esse tipo de couro, que também é o nome de sua marca, é feito a partir de cascas de abacaxi. É uma solução excelente para veganos e simpatizantes dos direitos animais ou propostas ecológicas.

A marca é gringa e não é a única de seu tipo, já que algumas empresas pelo mundo descobriram como tirar couro de frutas e vegetais.

Nobuck

O nobuck é um tecido feito de um tipo de couro muito semelhante à camurça por causa das suas fibras. No entanto, você pode diferenciar os dois materiais ao analisar o lixamento da pele.

Diferente do que acontece na camurça, ao se produzir nobuck, se faz o lixamento na parte externa da pele, na “flor do couro”, dando um toque leve, suave, sentido ao passar a mão.

Chamois

Esse tecido é um tipo de couro especificamente retirado de cabras ou animais semelhantes. Para obter o chamois, utiliza-se um processo que mistura o que é feito com o nubuck e com a camurça.

O profissional que lida com essa material deve dividir a pele para deixar uma face áspera e a outra lixada, suave. Assim, obtém-se uma peça bastante absorvente e é ideal para calçados e acessórios, assim como móveis, jaquetas e casacos no geral.

Caprino

O tipo de couro caprino é bastante incomum se comparado ao bovino, mas isso é só por causa da produção de gado do segundo animal ser bem mais comum. A qualidade do material vindo da cabra não perde em nada para o vindo do boi.

O couro legítimo caprino pode ser usado em móveis, calçados, roupas e acessórios, possui mais flexibilidade e maciez comparado ao bocino e é de ótima qualidade.

Napa

O nome desse tipo de couro vem de Nappa Valley, ou ao menos esse é o que acredita-se atualmente.

Segundo essa hipótese, havia uma confecção que fazia couros macios nesse local e que teria criado essa versão do material. E se ele é caracterizado pela sua maciez, bom, você já deve imaginar uma das principais características dele.

Além disso, ele é bastante maleável, sendo ideal para peças que precisam dessa característica na sua criação. A origem não importa, pode ser bovina, caprina, réptil, ou qualquer outra, o que importa é o material final.

Exóticos

Tipo de couro exótico se refere a uma grande variedade de materiais, na verdade. E para ser chamado assim, o couro deve vir de alguma origem animal não convencional, como coelhos, répteis, aves e peixes, entre outros.

Inclusive, há parcerias entre empresas de pesca e moda para extração e uso do couro vindo de animais aquáticos.

Leia mais: Aprenda a precificar suas peças para fazer o couro ser lucrativo

Como identificar um tipo de couro adequado para uso?

Entre os diferentes tipos de couro exóticos, há de cobra, jacaré, peixe e até abacaxi.

Analise a aparência

Esse é um dos primeiros pontos a serem considerados na escolha do tipo de couro adequado ou qualquer outro tecido. Analise a aparência do material e compare ao que você idealiza na sua criação e na coleção como um todo. A variedade de couros possibilita concretizar muitas ideias.

Preste atenção à suavidade no toque

A suavidade de um tipo de couro é um critério que interfere tanto na decisão de compra quanto no seu uso. Materiais muito leves podem refletir alta qualidade… ou apenas baixíssima resistência, podendo até ser falsificado. Essa característica também importa na hora de pensar para que estação a peça será usada, pois pode causar mais ou menos calor.

Veja o brilho

O brilho de um couro é um aspecto importantíssimo na estética. É interessante que você teste essa característica sob luminosidades diferentes, testar movimento e imaginar se o material faz sentido os cenários nos quais você deseja que a peça seja usada.

Sinta o peso

O peso também é uma característica que afeta muitos aspectos da peça. Entre eles, há durabilidade, resistência, a parte térmica, o caimento, entre outros. Seja bem criterioso com essa característica, que deve ser testada à mão, não por fotos, em acompanhamento de modelagem virtual para não desperdiçar matéria-prima.

Qual tipo de couro tem maior qualidade?

De forma geral, o tipo de couro mais resistente é com certeza o legítimo. Claro, isso pode significar vários tipos, porque o legítimo pode vir de vários animais, mas isso depende muito mais de como o material é tratado do que qualquer coisa.

O ideal é pesquisar as marcas e fábricas envolvidas após entender que tipo de couro você deseja para as suas peças. Ah, e não olhe apenas pela internet, conheça pessoalmente o material.

Qual é o tipo de couro mais macio?

Entre os tipos de couro comuns, a camurça é sem dúvidas o material mais macio, versátil e maleável, devido ao seu processo de curtimento. Isso não quer dizer que não haja opções ainda mais macias, que depende do tratamento que os fabricantes fazem e da matéria-prima, já que há algumas opções exóticas ou veganas conseguem um desempenho melhor nessa característica do que a camurça.

Leia mais: Aprenda a identificar gargalos de produção

Como escolher o tipo de couro ideal para a peça?

A escolha pelo tipo de couro ideal para uma peça depende de diversos fatores. Entre eles, estão aqueles que listamos na escolha do couro mais adequado. O que você precisa fazer é cruzar todas as características que listamos e detalhamos, para então comparar com as peças desejadas.

Além disso, você precisa colocar os fatores custo e branding nessa conta. Materiais mais caros resultam em peças mais caras, então leve sua estratégia de precificação em consideração. Considere também que o tipo de couro afeta a imagem da sua marca, ao ser mais luxuosa, ecológica etc.

Leia mais: Você já sabe qual o melhor sistema de produção para o seu negócio?

3 dicas de manuseio para a produção de peças em couro

1) Trace os moldes com lápis no verso do couro

Quando fizer a modelagem à mão, utilize um lápis para fazer marcações. Dessa forma, você pode desnehar à vontade e melhorar sua precisão de corte posteriormente, evitando erros na modelagem ou na fabricação de peças. Lápis não danificam a peça e é fácil remover o grafite.

2) Tenha à disposição agulhas em tamanhos de 11 a 16

Claro, profissionais criativos da moda precisam ter todo tipo de ferramenta disponível se forem trabalhar à mão. No entanto, o couro, por causa da sua resistência, espessura e demais características, pede agulhas que não danifiquem o material, mas sejam firmes o suficiente, como as de tamanho 11 a 16.

3) Utilize Audaces360 para ter mais assertividade

A multissolução Audaces360 dá mais assertividade e controle às suas produções. Aumente seu poder criativo, nunca mais desperdice couro, teste todas as possibilidades de tipos de tecido e aprove protótipos de primeira, virtualmente. Faça o teste grátis agora!

Há muitos tipos de couro e tecidos derivados. E dominar o mínimo sobre todos esse materiais é quase obrigação para profissionais da indústria da moda que operam criativamente.

Para te ajudar nessa missão, elaboramos um e-book com os principais tipos de couro e outros tecidos de A a Z. A melhor parte é que ele é inteiramente gratuito! Baixe agora:

sobre o autor
Audaces
A Audaces é referência mundial no desenvolvimento de soluções inovadoras para o setor da moda, integrando processos, pessoas e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

mulher separando peças de roupas de moda slow fashion

Como tornar sua confecção mais sustentável com moda slow fashion?

O slow fashion promove consumo ético e sustentável, valorizando qualidade, transparência e responsabilidade ambiental e social. Descubra como!
pessoas observando peças para garantia de produtos

Tudo o que você precisa saber sobre garantia de produtos de moda

Garantia de produtos protegem consumidores, fortalecem a marca, garantindo conformidade e confiança. Descubra como!
Mulher e cachorro com roupas de moda pet

Como criar roupas de moda pet para vender mais?

A moda pet conquista corações e cresce globalmente com roupinhas temáticas e acessórios personalizados para seus amigos peludos. Saiba mais!

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

Artigos relacionados

mulher separando peças de roupas de moda slow fashion

Como tornar sua confecção mais sustentável com moda slow fashion?

O slow fashion promove consumo ético e sustentável, valorizando qualidade, transparência e responsabilidade ambiental e social. Descubra como!
pessoas observando peças para garantia de produtos

Tudo o que você precisa saber sobre garantia de produtos de moda

Garantia de produtos protegem consumidores, fortalecem a marca, garantindo conformidade e confiança. Descubra como!
Mulher e cachorro com roupas de moda pet

Como criar roupas de moda pet para vender mais?

A moda pet conquista corações e cresce globalmente com roupinhas temáticas e acessórios personalizados para seus amigos peludos. Saiba mais!