Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

29/04/2014

Tecidos naturais ou sintéticos: quais as diferenças entre eles?

No momento de confeccionar um produto de vestuário a escolha do tecido vai determinar o preço da peça, caimento e acabamento. Mas qual têxtil escolher, os tecidos naturais ou sintéticos? O material sintético se caracteriza por ser mais barato. Já os naturais costumam ser mais duráveis, ter melhor toque e caimento. Claro que o material vai ser escolhido de acordo com o tipo de produto e o objetivo da empresa, porém, para fazer essa seleção é necessário conhecer as possibilidades presentes no mercado da moda.

As fibras naturais são o algodão, o linho, a lã e a seda. Esses têxteis se caracterizam por serem confortáveis, flexíveis, duráveis, resistentes e por “respirar”, fazendo com que a roupa não tenha cheiro ruim. O ponto negativo é que amassam facilmente e desbotam com o tempo. Já os materiais sintéticos – viscose, acetato, poliéster, acrílico, entre outros – são resistentes, secam rapidamente e praticamente não amassam. Porém, não “respiram” e podem queimar com facilidade na hora de usar o ferro de passar roupa.

Algodão cru, exemplo de tecido com fibras naturais/ Reprodução

Alguns especialistas afirmam que não existe fibra ruim, mas que tem um têxtil adequado para cada uso, seja ele sintético ou natural. Uma forma de reconhecer a qualidade de um tecido sintético, por exemplo, é por meio da análise da trama – as mais fechadas geralmente são de melhor qualidade -, do toque – opte pelos mais sedosos -, e do brilho – quanto mais opaco melhor. As bolinhas são vistas como sinal de má qualidade. Na verdade, as bolinhas são características das fibras curtas, como a lã utilizada em tricô. Já os fios penteados, por exemplo, têm menor tendência a formar bolinhas.

Crepe de poliéster, tecido sintético/ Reprodução

Os tecidos também podem surgir com fibras sintéticas misturadas às naturais. O algodão, por exemplo, geralmente é misturado a outros materiais aqui no Brasil. Essas composições são uma opção interessante para aqueles que querem agregar um pouquinho de glamour natural às roupas.

Dicas

– Peças que têm maior quantidade de fibras naturais são mais frescas. São ótimas para os dias mais quentes.
– Roupas com maior quantidade de fios sintéticos tendem a ser mais quentes. São ótimas para os dias mais frios, pois aquecem mais.
– Materiais naturais passam a imagem de elegância e têm boa durabilidade.
– Têxteis sintéticos tendem a ter uma manutenção complexa. Facilmente surgem bolinhas, enrugados, costuras tortas e podem perder a cor logo após as primeiras lavadas.
– Todo tecido que possui elastano ou strech tem na composição fibras sintéticas.
Têxteis planos que não esticam podem ser feitos de fibras naturais ou sintéticas.

Fonte:
Site Oficina de estilo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

produto-de-moda-desenvolvimento-industria-4.0-audaces

24/11/2020

Como aperfeiçoar o produto de moda com tecnologias da Indústria 4.0

Escrito por Audaces

indústria têxtil

24/11/2020

Indústria têxtil: matérias-primas podem ser naturais e químicas?

Escrito por Audaces

Listras de tinta com cores do círculo cromático

16/11/2020

O que é círculo cromático e como combinar cores na moda

Escrito por Audaces