Veja 7 dicas para fazer o controle de estoque da sua confecção11 min read

Sumário:

Resumo:

  • Saber quais são os produtos disponíveis na sua empresa, além de o que entra e o que sai, é uma tarefa importante e que, se bem feita, ajuda a prever oferta e demanda;
  • O gerenciamento do controle de estoque pode ser complexo e, por este motivo, separamos algumas dicas que podem ajudar sua confecção no dia a dia;
  • Um dos meios mais rápidos e precisos para manter seu estoque ativo é por meio de softwares, como os da Audaces. Faça o teste grátis e descubra como eles podem ajudar!
Trial 7 Dias Grátis

O controle de estoque para confecção pode ser um processo complicado, pois exige que os responsáveis se dediquem, conheçam e tenham um bom controle sobre todos os processos da empresa como corte, enfesto, facções, estamparia e bordados.

Um estoque em ordem ajudar sua empresa de diversas maneiras – mostrando a quantidade disponível de cada item para que as peças possam ser produzidas e vendidas com maior inteligência de mercado, por exemplo.

Quando o gerenciamento é feito corretamente, ele auxilia a confecção a reduzir perdas e também a aumentar seu controle financeiro.

Continue a leitura e saiba como a Audaces pode ajudar sua confecção!

O que é controle de estoque para confecção?

O controle de estoque é a gestão dos produtos da sua confecção. É através desta fiscalização que você sabe o fluxo de entrada e saída das suas mercadorias.

A vistoria deve ser feita com muita responsabilidade. Para isso, é importante realizar procedimentos como:

  • Registro de todas as informações;
  • Fiscalização de cada um dos processos;
  • Acompanhamento de entrada e saída de produtos;

Este trabalho deve ser adotado desde a chegada de matérias-primas até a venda dos produtos finais, além de ferramentas, equipamentos e outros recursos que a empresa utiliza.

Qual é a importância de fazer controle de estoque?

O controle de estoque para confecção informa a quantidade disponível de cada item para que as peças possam ser produzidas e vendidas com maior inteligência de mercado. Isso possibilita prever as demandas de cada ativo necessário.

Dessa forma, a empresa sabe quando precisa adquirir algum material específico para a produção, ou até mesmo o que está parado e em excesso de produtos no estoque.

Por este motivo, essa é uma atividade que envolve planejamento e organização. Um gerenciamento de estoque feito de maneira correta minimiza as perdas de uma confecção, assim como também aumenta seu controle financeiro.

Quais são os principais métodos para controle de estoque?

Quais são os principais métodos para controle de estoque? 

Há alguns métodos usados no controle de estoque para confecção, porém apenas 3 são aceitos para cálculos de tributos. São eles PEPS, UEPS e custo médio.

Os outros métodos podem ser usados para melhorar a gestão da sua confecção internamente. Acompanhe cada um, a seguir:

  1. PEPS: esse método se refere a ordem de entrada e saída dos produtos. Ele ajuda na redução de desperdícios e significa “Primeiro que Entra, Primeiro que Sai”;
  2. UEPS: essa sigla significa “Último a Entrar, Primeiro a Sair”. Este método é o contrário do PEPS, pois ele prioriza a saída de produtos que chegaram por último;
  3. Custo médio: nesta técnica, é somado o valor dos produtos que estão em estoque e dos novos, dividindo o resultado pelo total de mercadorias presentes;
  4. Just in time: é indicado para empresas que desejam reduzir os custos de estoque;
  5. Curva ABC: neste método, são pensados em alguns fatores como faturamento e lucratividade. A curva ABC auxilia no giro de estoque e na relevância dos produtos.

Como fazer o controle de estoque para confecção?

Você já sabe a importância do controle de estoque para confecção, mas podem surgir dúvidas de como colocar em prática.

Separamos 7 dicas sobre os principais métodos de controle de estoque para dividir com você. Confira:

1) Faça inventários

O inventário é o primeiro passo para quem deseja ter um bom controle de estoque. É um procedimento obrigatório e que deve ser feito constantemente, seja diária, semanal ou até mensalmente.

A periodicidade ideal deve ser escolhida pela sua empresa. Porém, quanto maior a frequência, mais atualizado e confiável será seu controle de estoque.

No inventário, os responsáveis devem fazer uma lista com todos os produtos que fazem parte do estoque, trazendo dados e quantidades exatas de cada um.

Este documento pode ser usado para revisar os dados das entradas e saídas de produtos, como um verdadeiro controle, e prevenir falhas nas operações por falta de estoque.

2) Separe categorias

Categorizar seus produtos conforme suas características pode ajudar – e muito – na gestão de um bom controle de estoque. É importante que todo profissional com acesso ao arquivo possa encontrar o que procura no seu estoque com facilidade.

Você pode classificar seus produtos da seguinte forma:

  • Gênero;
  • Tamanho;
  • Cor;
  • Tecido;
  • Tipo de produto;
  • Detalhe;
  • SKU.

3) Otimize seu estoque

Seu estoque deve ter a quantia certa de produtos: nem de mais para não sobrar, nem de menos para faltar. Busque sempre o equilíbrio!

4) Estabeleça processos

É importante que sua equipe responsável pelo estoque tenha procedimentos a serem seguidos, principalmente na entrada e saída de produtos. Assim, você pode garantir que todos do time realizem as mesmas ações de acordo com a ordem definida.

Caso haja processos diferentes feitos pela sua equipe, há também maiores chances de retrabalho, comprometendo a produtividade.

Leia mais: O que é takt time e como calcular nos processos da sua empresa?

5) Tenha uma margem de perdas e danos

Toda empresa é passível de perdas no estoque. Porém, com os cuidados necessários, elas se tornam mínimas e não geram um impacto tão grande no financeiro.

É por este motivo que sua empresa deve estar preparada para o que vem pela frente. Estabeleça um limite de danos e perdas toleráveis e se mantenha sempre dentro do que foi definido.

6) Conte com um sistema de código de barras

Conte com um sistema de código de barras

Códigos de barras podem ser de grande ajuda para quem deseja ter um bom controle de estoque para confecção. Ele deixa o processo mais organizado, eficiente e ágil.

O sistema com código de barras controla as entradas e saídas de produtos, além de oferecer todas as informações necessárias sobre os itens em estoque.

Leia mais: Descubra o que é GTIN e qual a sua importância para a confecção

7) Invista em um software de controle de estoque

A tecnologia é uma grande aliada das empresas em geral. Mas, para quem trabalha com moda, certos recursos são indispensáveis: o controle de estoque é um deles.

Um software é necessário para quem deseja organizar seu estoque de roupas, sapatos e/ou acessórios. Com ele, as atividades são otimizadas e passam a ser feitas de forma mais certeira, prática e fácil.

Com os setores da confecção conectados através da tecnologia, seu estoque ganha mais dinamismo e seus inventários são mais precisos e seguros.

Como montar uma planilha para controlar o estoque?

Para que sua planilha de estoque ajude a confecção a fazer uma melhor gestão, ela precisa de alguns itens básicos.

Algumas colunas e categorias são essenciais em uma boa planilha de controle de estoque, mas você pode personalizá-las como for melhor para a sua empresa.

Saiba quais são estes itens:

  • Data de entrada e saída do produto;
  • Descrição e código de cada item;
  • Preço (de fábrica, com desconto de custos e lucro);
  • Informações de quantidade, grade e variação de modelo;
  • Dados de fornecedor.

Leia mais: Confira 3 dicas para montar sua planilha de precificação de roupas

Principais erros no controle de estoque de confecção

Administrar corretamente o estoque da sua confecção evita prejuízos, retrabalho na produção, perda da produtividade e baixa qualidade do produto final.

Veja, a seguir, os erros mais cometidos pelas confecções quando se trata de gestão de estoque:

1) Não utilizar a curva ABC

A curva ABC é uma forma de entender quais são os seus produtos com maior relevância no mercado. Ela traz dados que impactam a sua confecção e mostra:

  • A: produtos mais relevantes ou utilizados, considerados 20% dos itens de maior valor de 80% do valor de todo o estoque;
  • B: tem valor médio;
  • C: itens que têm uma relevância menor, representam 30% dos itens e em média 10% do valor total do estoque.

Com essa metodologia, a sua confecção pode ter uma organização de estoque melhor, com padrão e rotina definidas.

2) Não organizar um inventário

O inventário é um documento que relata todos os produtos, insumos e materiais usados. Quando atualizado, ele pode informar o que está disponível ou não em seu estoque com precisão.

Essa é uma atividade importante, mas ignorada por muitas confecções – o que é um grande erro. Uma empresa com inventário periódico tem um estoque mais confiável.

3) Não fazer a previsão de demanda

Não fazer uma previsão sobre os produtos mais procurados também é um erro comum.

Essa antecipação é uma suposição baseada em dados e históricos de procura. Sem ela, você pode ter um estoque com produtos muito acima ou abaixo do necessário.

Para que sua confecção esteja sempre um passo à frente, é necessário fazer pesquisas de mercado, além de coletar dados relevantes no próprio sistema de gestão de estoque.

4) Não conhecer o giro dos insumos

Saber a velocidade com que seus produtos entram e saem de estoque, além de quando precisam de mais quantidades disponíveis, é um cálculo necessário a se fazer.

Com estes números, você orienta seu time sobre quando é necessário fazer novas compras ou repor matéria-prima, por exemplo.

Para fazer este cálculo, você deve utilizar a seguinte fórmula:

Número total de vendas / Volume médio do estoque no período analisado = Giro de estoque

5) Não se aliar à tecnologia

A tecnologia pode fazer o trabalho da sua confecção ser muito mais rápido e seguro. Ela torna o controle de estoque mais preciso e eficiente apenas com automação e features inteligentes, que facilitam a tomada de decisão do gestor quando preciso.

Fazer esse controle manualmente demanda muito esforço e tempo, além de trazer possíveis prejuízos financeiros e produtivos para a sua confecção.

Como a Audaces pode potencializar o seu controle de estoque para confecção?

Como a Audaces pode potencializar o seu controle de estoque para confecção? 

A Audaces oferece as melhores soluções para sua empresa na hora de fazer o controle de estoque. Saiba mais:

Audaces360

Multissolução completa que ajuda A sua confecção a superar os desafios da indústria da moda, o Audaces360 auxilia desde a criação até a produção, garantindo o sucesso da sua coleção desde o início.

Audaces Isa

O Audaces Isa é um software, completo e super tecnológico. Ele foi criado para quem precisa de ajuda no processo de gerenciamento do ciclo de vida de um produto, o que é fundamental para quem está lançando uma coleção.

Com esse sistema, você é capaz de controlar e organizar toda a parte técnica da sua coleção em poucos cliques.

Conclusão

Se a sua confecção de moda deseja estar à frente de seus concorrentes, um controle de estoque preciso é fundamental. E a melhor forma de conseguir isso é se você tiver como aliada a tecnologia.

Agora, quer saber como alavancar seu negócio no mercado de moda com 10 dicas práticas? Baixe gratuitamente nosso ebook:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gostou deste artigo? Compartilhe

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

Mulher utilizando o fashion PLM Audaces Isa

O que sua confecção ganha ao fazer a integração de sistemas PLM e ERP?

Como a integração de sistemas como PLM e ERP impulsiona a eficiência e competitividade na moda, garantindo sucesso a longo prazo. Descubra!
Probador virtual en Shape U: guía de ropa para vender en línea

Guia para você vender mais roupas online

Para vender roupas online você precisa de estratégias. Por este motivo criamos um guia que ajudará seu e-commerce. Leia e saiba como!

Um guia completo de como funciona uma confecção de roupas

Existe um fascinante processo de como funciona uma confecção de roupas, desde a concepção inicial até a produção final. Entenda!

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

sobre o autor
Audaces
sobre o autor
Audaces

Artigos relacionados

Mulher utilizando o fashion PLM Audaces Isa

O que sua confecção ganha ao fazer a integração de sistemas PLM e ERP?

Como a integração de sistemas como PLM e ERP impulsiona a eficiência e competitividade na moda, garantindo sucesso a longo prazo. Descubra!
Probador virtual en Shape U: guía de ropa para vender en línea

Guia para você vender mais roupas online

Para vender roupas online você precisa de estratégias. Por este motivo criamos um guia que ajudará seu e-commerce. Leia e saiba como!

Um guia completo de como funciona uma confecção de roupas

Existe um fascinante processo de como funciona uma confecção de roupas, desde a concepção inicial até a produção final. Entenda!

Newsletter

Receba conteúdos e novidades Audaces Artigos, tutoriais e materiais educativos, enviados para seu inbox.

Ao cadastrar, você aceitará nossas Política de Privacidade

Newsletter

Receba conteúdos e novidades Audaces Artigos, tutoriais e materiais educativos, enviados para seu inbox.

Ao cadastrar, você aceitará nossas Política de Privacidade