Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

15/07/2013

Cool hunter: o trabalho de caçar tendências na moda

2 min

O profissional que atua diretamente na pesquisa de tendências é chamado de Cool Hunter. Esse “caçador de tendências” é responsável por identificar, através de pesquisas sociológicas, possíveis futuros padrões de comportamento no que se diz respeito a produtos e consumo.

O termo Cool Hunter é uma junção de duas palavras em inglês, cool que significa legal (o que estará na moda) e hunter que significa caçador. Este profissional precisa ser curioso, pesquisador e uma pessoa com sensibilidade para anteceder movimentos que acontecerão no futuro ou percepção para analisar movimentos que estão acontecendo no presente, sempre pautado por pesquisas.

Além de diversos cursos que surgiram para atender essa nova demanda de mercado, importantes publicações têm subsidiado o estudo dos novos profissionais. Os livros “_Cool Hunters_ – caçadores de tendências na moda” (Editora Senac) e o clássico “Observatório de Sinais” (Editora Senac) são duas das principais referências na área.

Apesar da profissão de Cool Hunter ser entendida como nova, alguns profissionais precursores já atuam há anos nessa área. Eles abriram caminhos para a popularização do ofício ao desenvolver pesquisas inspiradoras para grandes marcas. Vale a pena conhecê-los um pouco mais:

David Shah – Inglês, de 59 anos, consultor e professor no Royal College of Arts, em Londres. Trabalhou no mundo inteiro tendo sido consultor da Maconde, em Portugal, e também do Governo Chinês. Marcas como Puma, BMW, Footlocker, Philips e General Electric recorrem igualmente aos seus serviços. David Shah é ainda editor-chefe das revistas Textile View e Viewpoint, respeitadíssimas no universo da moda.

 

Reprodução

 

Li Edelkoort – Holandesa, de 60 anos, é considerada um ícone no mundo da moda e do design. A sua habilidade para detectar tendências levou-a a Paris em 1975, onde trabalhou inicialmente de forma independente, fundando mais tarde a Trade Union. Hoje a sua atividade diversificou-se e conta com mais três gabinetes ligados ao tema das tendências.

Entre os seus clientes encontram-se grandes multinacionais como a Coca-Cola e a L’Oréal, assim como empresas ligadas à indústria do automóvel, ao setor bancário e entidades governamentais. Li Edelkoort foi considerada pela revista Time uma das 25 pessoas mais influentes no mundo da moda e pela revista i-D uma das 40 mais importantes designers do mundo.

Vincent Grégoire – Moda, decoração, tecnologias, alimentação, não há área que lhe fique imune. Designer e arquiteto de formação, Vincent Grégoire está na agência Nelly Rodi desde 1990 onde, já há alguns anos, desempenha a função de diretor de Lifestyle. É tido como um verdadeiro predador, farejador e caçador de tendências a quem nada escapa. Entre as marcas com as quais trabalha destacam-se a Samsung, a L’Oréal, a Givenchy e a Cerruti.

Para entender um pouco mais sobre o trabalho de um Cool Hunter, assista o vídeo abaixo:

 

 

 

 

 

 

 

Por Eduardo Vilas Bôas
Professor de Moda do Senac SP

 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

robôs transportando estoque

12/11/2021

O que são e como funcionam as fábricas inteligentes

Escrito por Audaces

mulher tocando tela holográfica

05/11/2021

A importância do IoT para as Indústria e as Confecções 4.0

Escrito por Audaces

19/10/2021

Degradê Confecções: como a empresa cresceu 13% com as soluções Audaces

Escrito por Audaces

inteligência artificial na moda

09/06/2021

IA e Moda: influência da Inteligência Artificial na Indústria Fashion

Escrito por Audaces

PLM na confecção de moda

28/05/2021

PLM: o que é, benefícios e como aplicá-lo na Indústria da Moda

Escrito por Audaces

rolos de tecidos em fábrica têxtil

19/11/2021

5 tendências para o segmento têxtil e a indústria da moda

Escrito por Audaces

produto descontinuado Audaces

10/11/2021

Audaces comunica a descontinuidade de peças e suprimentos de Jet Print e Jet Print Plus

Escrito por Audaces