Guia prático sobre como criar uma marca de roupas – Audaces explica10 min read

Resumo

  • Criar uma marca de roupa pode ser um pouco trabalhoso, pois envolve diferentes fatores;
  • Para sua marca de roupas ser um sucesso é importante estar atento a alguns itens;
  • Use a tecnologia a seu favor ao criar sua marca de roupas. Experimente grátis a multissolução Audaces360! 

Quer economizar tempo? Dê play e ouça nosso conteúdo agora!

A criação de uma marca é um trabalho longo, complexo e que envolve inúmeros fatores de diferentes naturezas – marketing, vendas, posicionamento e visão de mercado, público-alvo, produto e muitos outros.

Então, como criar uma marca de roupas? Um dos segmentos que mais crescem atualmente, o setor de vestuário é uma das opções mais rentáveis da indústria e, quando bem investidos, os recursos apresentam bom retorno financeiro em um prazo de tempo relativamente curto.

Para obter sucesso nessa empreitada, é preciso estar atento às tendências do mercado, ao perfil de consumo dos usuários, à digitalização constante do mundo atual, aos desafios e benefícios do setor fashion e muito mais.

Sendo assim, preparamos um guia completo para você que deseja criar uma marca de roupas de sucesso e notoriedade. Acompanhe a leitura:

Como criar uma marca de roupa? Confira o passo a passo para ter sucesso

Uma marca de roupas é muito mais que um nome ou um logotipo – ela é a forma como as pessoas enxergam uma empresa, a forma como ela se projeta para o público e a mensagem e solução que seus produtos oferecem.

Criar uma marca é agregar valor à vida de seus consumidores e oferecer produtos que satisfaçam suas necessidades e sanem suas dores. O vestuário é, desde sempre, uma das linguagens humanas.

Então, para criar uma marca de roupas de sucesso, ela deve atender a requisitos mínimos para obter destaque e conquistar consumidores.

Para te ajudar, criamos um passo a passo completo para que você obtenha sucesso ao criar a sua. Confira:

Defina um propósito

Como dissemos, uma marca de roupas é, antes de tudo, um veículo de comunicação e expressão e, por esse motivo, precisa de um propósito bem definido antes de começar a operar.

Isso porque uma marca de roupas de inverno, por exemplo, possui um propósito diferente do de uma marca de verão. Essa distinção é baseada na sazonalidade, mas não é uma regra geral.

O que deve acontecer é o exercício mental de entender qual é a mensagem que sua marca deseja passar e como isso será veiculado nas coleções de roupas.

Faça um estudo sobre o público-alvo e a concorrência

Definido o propósito, é necessário entender com quem a sua marca deseja comunicar-se. Na fase de definição isso já deve aparecer de uma forma ou outra, mas é importante dedicar uma etapa do projeto inteiramente à essa definição.

Uma forma eficiente de fazer isso é estudando o perfil de consumo de um determinado público e o que tem sido oferecido a ele pela concorrência. Esse processo, conhecido como benchmark é uma das formas de ter um primeiro contato com o seu nicho de mercado.

Crie um plano de negócios

Um plano de negócios, também conhecido como plano empresarial é, por essência, um documento no qual são descritos alguns aspectos e elementos de um negócio que está para surgir.

No caso de uma marca de roupas, é preciso que o plano empresarial contenha aspectos como estimativas financeiras, riscos de negócios, análise competitiva da concorrência, detalhes sobre os produtos que serão ofertados, estrutura operacional, dentre outros.

Esse documento é importante porque oferece um panorama geral sobre o negócio, contribuindo para uma visão administrativa e estratégica da empresa.

Defina qual será o seu modelo de empresa

Você sabia que, dependendo dos objetivos e da configuração de mercado, podem haver dezenas de modelos de empresa? Esse conhecimento é fundamental para quem está por abrir uma marca de roupas.

Isso porque essa definição norteará todo o modelo produtivo, inclusive o da confecção. Um modelo B2C é focado na comercialização de seus produtos ao consumidor final, enquanto um B2B vende para outras empresas.

A maioria das marcas de roupa são empresas B2C, mas isso não significa que você não possa optar por outro modelo (ou até mesmo um tipo híbrido). O importante é estudar qual modelo é mais coerente com seus objetivos e implementá-lo.

Escolha um nome para a sua marca de roupa

Esta é uma das etapas mais complicadas criativamente para quem deseja criar uma marca de roupas: a escolha do nome. Há casos em que ele já está definido antes mesmo das primeiras etapas, e isso é bom!

No entanto, há casos em que a escolha do nome torna-se um trabalho complexo, justamente por ele ser um forte veículo de branding, isto é, o nome faz parte da identidade da sua marca e, como tal, será um dos elementos com os quais os consumidores terão mais contato.

Por esse motivo, a escolha do nome deve ser consciente e bem pensada, para que ele satisfaça tanto o senso de marca quanto a estratégia de marketing e branding da empresa.

Aposte na identidade visual

E, por falar em identidade visual, o início de uma marca é a grande oportunidade de se mostrar ao mercado de uma forma madura e consciente – e isso se faz por meio de uma identidade visual sólida.

Tendo em vista que a maioria das comunicações de uma marca de roupas se dá por meio dos veículos de comunicação, especialmente internet e televisão, é fundamental que a sua marca tenha uma coerência estética e que seja facilmente identificada.

Pensemos, por exemplo, nos famosos monogramas da Gucci, Dolce & Gabbana e Chanel, ou da famosa combinação de verde, vermelho e marrom – esses são elementos de uma identidade visual forte e identificável.

Para obter sucesso, é preciso que você pense desde já nesses elementos e como eles farão parte da sua estratégia de visibilidade.

Invista em um diferencial competitivo

Entrando no universo da gestão e da administração de empresas, uma marca de sucesso precisa, de alguma forma, superar a concorrência e ganhar destaque em um contexto onde há cada vez menos espaço e mais competidores.

A essa característica damos o nome de diferencial competitivo, e ele parte de um questionamento simples que deve ser feito por você “o que de diferente minha marca de roupas tem que a concorrência não?”.

Conte com bons fornecedores

Um bom networking é uma das peças-chave para o desenvolvimento de uma empresa. No caso de uma marca de roupas, que lida com insumos variados – como tipos de tecido, aviamentos e afins –, contar com bons fornecedores é até mesmo uma forma de destacar-se no mercado.

Isso porque a eficiência na obtenção de insumos é sinônimo de eficiência na gestão do tempo e em coleções mais rápidas e maiores. Essa dinâmica é bem vista aos olhos do consumidor, o que resulta em mais lucros para a empresa.

Não se esqueça das estratégias de marketing e vendas

Não há como falar sobre a criação de uma marca sem ressaltar a importância do marketing para o sucesso dela. Qualquer negócio digital que busca visibilidade precisa de uma estratégia bem consolidada de marketing, sob o risco de não ganhar o engajamento necessário para sobreviver.

Segundo a Boston Consulting Group, a Indústria da Moda deve crescer 81% até 2030, o que representa um grande número de competidores para um mesmo mercado.

Então, é hora de aplicar as estratégias e os diferenciais competitivos para destacar-se em meio à tanta concorrência.

Defina quais serão os seus canais de vendas

O impacto da pandemia no mundo fez com que houvesse uma aceleração da transformação digital e da digitalização das empresas, confecções e marcas. Isso não significa, porém, que os outros canais de vendas tenham perdido significância.

É notório que os canais digitais sejam primordiais para as vendas de uma marca, mas você também pode estudar novos canais de vendas para complementar as vendas online, fortalecendo o negócio e garantindo um maior número de consumidores.

Faça um bom planejamento da primeira coleção

Para uma marca de roupas recém criada, a primeira coleção tem um grande peso simbólico: ela é o primeiro contato do mundo (e dos consumidores) com o resultado do seu trabalho.

Isso significa que, como tal, ela deve ser muito bem pensada, planejada e executada. Busque referências, saiba quais são as macrotendências do momento, o que tem chamado a atenção do público e, naturalmente, não deixe de acrescentar a identidade de sua marca nas peças de roupa.

Tenha um serviço de logística eficiente

Por fim, como, a esse ponto, sua marca de roupas já terá feito sua primeira aparição ao público, é o momento de pensar na logística de distribuição das peças. Na verdade, todo esse trabalho de planejamento e gestão deve ser feito muito antes da estreia da coleção.

Uma gestão eficiente é aquela que antevê os problemas e trabalha para minimizar os riscos, então a melhor forma de garantir que todas as peças tenham o destino correto, no prazo correto, é investindo em um serviço de logística eficiente.

Quais tecnologias podem ajudar a escalar a produção das peças?

Como dissemos, o avanço da transformação digital é um resultado direto do cenário pandêmico, mas também consequência do novo modelo de produção que tem se expandido pelo mundo – a chamada Indústria 4.0.

Os impactos e a influência desses avanços tecnológicos podem ser sentidos, também, na confecção e na criação de uma marca de roupas, especialmente no que diz respeito à produção.

Hoje já existem tecnologias que fazem a integração entre todas as etapas da cadeia produtiva de uma confecção, agindo diretamente sobre suas dores e tornando cada processo o mais eficiente possível.

Conte com as soluções da Audaces para empreender do mundo fashion

Ainda no âmbito das tecnologias da Indústria 4.0 que otimizam a rotina das confecções, as soluções Audaces têm, há 30 anos, impactando a realidade produtiva de confecções do mundo todo – com produtos e serviços específicos para cada necessidade.

O Audaces ISA, por exemplo, é um fashion PLM essencial para quem deseja manter o controle sobre as peças produzidas em cada coleção de sua marca. O software fornece um panorama em tempo real sobre o status de cada peça dentro do processo, fornecendo dados estratégicos para o controle e a gestão.

É o mesmo caso do Audaces 4D, que permite a criação e a modelagem em tempo real, diretamente do computador e em poucos cliques. Com essa ferramenta, é possível transformar em realidade todas as suas ideias criativas, tornando cada coleção única, lucrativa e inspiradora.

Agora que você já sabe como criar uma marca de roupas, que tal entender mais sobre o papel fundamental da Audaces na otimização dos processos nas confecções? Basta fazer o download gratuito do nosso material a seguir. Até a próxima!

sobre o autor
Audaces
A Audaces é referência mundial no desenvolvimento de soluções inovadoras para o setor da moda, integrando processos, pessoas e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

Artigos relacionados