Cloud computing: o que é e como suas tecnologias auxiliam na confecção9 min read

Tradicionalmente, as empresas têm sido impulsionadas a fazer grandes investimentos em software, hardware, criação, implementação e adaptação de sistemas, capacidade de armazenamento de dados etc.

Graças ao surgimento da Indústria 4.0, e juntamente com os avanços tecnológicos relacionados a ela (como BI, IoT, Big Data e afins.), existem agora outras alternativas que não só beneficiam as empresas em termos de redução de custos, mas também graças a uma série de benefícios que lhes permitem trabalhar de forma mais eficiente.

É o caso do cloud computing, ou computação na nuvem – a forma de armazenamento e compartilhamento de informações adotada como padrão em fábricas inteligentes e modernas.

Se você quer saber o que é a Cloud Computing, dê uma olhada neste material que preparamos especialmente para você:

O que é cloud computing (computação na nuvem)?

Cloud Computing é uma nova tecnologia que aproveita a conectividade da Internet para hospedar diferentes recursos, programas e informações, oferecendo uma grande variedade de serviços, ferramentas e funcionalidades projetadas para atender às necessidades das empresas.

Em termos práticos, Cloud Computing é a tecnologia que conecta diferentes sistemas, softwares, armazenamento de arquivos e até mesmo processamento de dados através da Internet, permitindo ao usuário acessar esses recursos de qualquer computador, telefone celular ou tablet, a qualquer momento e de qualquer lugar.

Como surgiu o cloud computing?

A tecnologia do cloud computing, apesar de rudimentar e muito diferente do que é hoje, já existia na década de 1950, muito antes de se popularizar devido à transformação digital e à grande necessidade de processamento de informações.

A partir de 1960, foram dados os primeiros passos em direção ao armazenamento na nuvem como o conhecemos hoje, graças ao especialista estadunidense John McCarthy, que introduziu o conceito de compartilhamento de informação.

Anos mais tarde, outro especialista, Joseph Carl Robnett Licklider, ao estudar novas formas de se usar o computador, desenvolveu a Rede de Agências de Projetos de Pesquisa Avançada (ARPANET), primeira rede de compartilhamento entre computadores.

Eis, então, os primórdios da computação na nuvem. Desde então, especialmente com o desenvolvimento da internet, na década de 90, o armazenamento e o compartilhamento de informações em ambiente virtual tem se popularizado cada vez mais.

Como funciona o serviço de cloud computing?

O funcionamento da computação na nuvem pode ser bastante complexo dependendo do grau de aprofundamento sobre a questão. Sendo assim, para que você possa entender de forma ampla e facilitada, sintetizamos o conhecimento sobre o assunto.

O cloud computing funciona da seguinte maneira: a nuvem é composta por uma série de servidores que funcionam como um dispositivo de armazenamento e processamento, permitindo a alocação sob demanda desses recursos por quem tiver acesso a ela.

Ele também conecta todos os dispositivos de uma rede em uma única central de dados, sejam eles computadores, celulares, dispositivos de hardware, equipamentos dentre muitos outros.

Características da computação em nuvem

Em se tratando de computação na nuvem, é possível associar algumas características básicas dessa tecnologia aos recursos que ela oferece. Confira a lista a seguir:

  • Multi-plataforma: possibilidade de acesso a partir de qualquer dispositivo;
  • Recursos agrupados: há vários usuários do mesmo software;
  • Velocidade de adaptação: a experiência do usuário é medida com base na demanda de uso, que deve ser adaptada;
  • Serviço medido: o uso de recursos é medido, controlado e informado com antecedência;
  • Sob demanda: o serviço está disponível quando necessário, sem a intervenção de um especialista em TI.

Quais são os tipos de cloud computing?

Por se tratar de uma tecnologia de grande uso e diversas aplicações, podemos segmentar a tecnologia de computação na nuvem em alguns tipos.Sendo assim, separamos os principais deles a seguir:

  • Nuvem Privada: criada por uma única empresa, com sua própria nuvem de servidores e software;
  • Nuvem Pública: um provedor oferece o serviço de nuvem, assumindo a responsabilidade por sua manutenção e segurança, e é utilizado por várias empresas simultaneamente;
  • Nuvem híbrida: duas ou mais infra-estruturas de nuvens diferentes, que são entidades únicas, mas que estão ligadas por alguma tecnologia;
  • Nuvem comunitária: várias organizações reúnem seus recursos em uma nuvem para resolver um problema comum.

Os principais serviços de cloud computing

Além de ser dividida em tipos, a tecnologia da computação na nuvem também pode ser aplicada de diferentes maneiras, a depender do tipo de negócio, da origem do serviço e da finalidade para o qual ele se destina.

Conheça alguns dos serviços de cloud computing a seguir:

IaaS

Servidores, roteadores, racks e outros tipos de infraestrutura são alugados.

Este tipo de serviço de nuvem pode ser cobrado pelo número de servidores contratados ou, por exemplo, pela quantidade de dados armazenados.

A IaaS se caracteriza pela flexibilidade e adaptabilidade de poder contratar apenas o que será utilizado, o que pode variar de mês para mês.

PaaS

Esta opção de Cloud Computing inclui sistemas operacionais, ferramentas de desenvolvimento, Big Data, BI, etc.

A empresa contratante é responsável pela adaptação e programação da aplicação, enquanto a administração, manutenção e atualizações são de responsabilidade do prestador de serviços Cloud.

SaaS

Este tipo de software permite aos usuários acessá-lo através da Internet, sem ter que se preocupar com instalação, configuração ou mesmo investimento em licenças.

Geralmente são softwares de acesso livre através da Nuvem, ou através do pagamento de uma taxa mensal fixa, que varia de acordo com os recursos contratados, a aparência dos anúncios, etc.

Muitos ERPs, CRMs funcionam através de SaaS; e-mails e outras aplicações, tais como redes sociais, funcionam através deste modelo.

Cloud computing: exemplos

Existem muitos exemplos famosos de cloud computing. Por ser um serviço amplamente utilizado e que permite alto grau de flexibilidade, ele já está presente em diversos aspectos do nosso dia a dia e também da rotina industrial/empresarial.

Alguns exemplos de cloud computing famosos incluem:

  • Google G-suíte;
  • proteção anti-spam de e-mail;
  • Plataformas de reunião por videochamada;
  • Formulários online;
  • Base de dados dos colaboradores de uma empresa.

Esses exemplos deixam ainda mais nítido o quão difundido as tecnologias de armazenamento em nuvem estão.

Vantagens do cloud computing para as empresas

A nuvem trouxe inúmeros benefícios para as empresas:

  1. Redução de custos

Elimina o custo de investimento em hardware e software, instalação e manutenção por uma equipe de especialistas, bem como o custo de armazenamento de dados.

Ao contratar um serviço de Cloud ou Cloud Computing, todas estas despesas são cobertas pelo fornecedor, sendo a empresa contratante responsável pelo pagamento de uma quantia fixa e previsível.

  1. Centralização das informações

Todos os dados são mantidos nos mesmos programas, preenchidos através dos mesmos formulários. Todos os funcionários podem compartilhar aplicações e documentos ao mesmo tempo.

  1. Agilidade

Possibilidade de acesso imediato a um número infinito de programas, serviços de infra-estrutura, armazenamento de dados, até mesmo Internet das Coisas (IoT), Machine Learning, Big Data etc.

Esta agilidade também conta no caso de empresas descentralizadas, permitindo que o Cloud Computing seja instalado simultaneamente em diferentes lugares, mesmo em diferentes partes do mundo, com apenas alguns cliques.

  1. Flexibilidade

A computação em nuvem permite o uso da quantidade de recursos necessários para as necessidades atuais da empresa, sendo possível adaptá-los posteriormente, de acordo com o crescimento e as necessidades futuras.

  1. Trabalho remoto e atualização automática

Por ser um servidor remoto, permite o acesso a todos os dados, programas e sistemas armazenados nele, através de diferentes dispositivos, sempre utilizando a Internet. O Cloud Computing permite o trabalho remoto de diferentes pessoas, localizadas em diferentes partes do mundo.

A atualização, e também a recuperação em caso de problemas, é realizada pelo provedor de serviços Cloud.

  1. Segurança

A Cloud Computing reduz a necessidade de contratar sistemas de segurança ou equipamentos de TI, já que seus serviços estão na vanguarda da tecnologia, incluindo a proteção contra ameaças e malwares.

Cloud computing vs outsourcing: quais as diferenças?

Você já ouviu falar no conceito de outsourcing? Em tradução livre, o termo significa terceirização e diz respeito a quando o responsável por determinado serviço é um terceiro, alheio à empresa ou indústria que o contratou.

A nível internacional, é muito comum que haja dúvidas em relação às diferenças entre a computação na nuvem e a terceirização, já que a maior aplicação da tecnologia é na modalidade “as a service” (como serviço).

No entanto, a principal diferença é que, no outsourcing, não há envolvimento direto da empresa contratante em relação ao serviço prestado pelo terceirizado, enquanto que o cloud computing é tão somente uma forma de tecnologia.

Ou seja, ele não exclui a responsabilidade da empresa sobre a análise e a interpretação das informações armazenadas em nuvem.

Quais empresas podem usar a computação na nuvem?

Em tese, qualquer empresa pode se beneficiar da computação na nuvem. Trata-se de uma tecnologia tão amplamente difundida que dificilmente haja um setor empresarial ou um segmento industrial que não possa, de alguma forma, utilizá-la.

No entanto, vale ressaltar que a análise do momento atual e dos objetivos do negócio é fundamental antes do investimento em novas tecnologias que, apesar de serem eficazes e vantajosas, podem não ser uma prioridade no momento.

As soluções Audaces e o cloud computing na indústria têxtil

Audaces, juntamente com os avanços da Indústria 4.0, oferece o serviço Audaces 360, uma solução completa para confecções e indústrias de moveleiro.

Com o objetivo de facilitar sua utilização pelos profissionais da moda, e utilizando a mais recente tecnologia Cloud Computing, a Audaces oferece o software Audaces 360, no modo SaaS, que permite aos usuários baixá-lo e utilizá-lo imediatamente após a contratação, oferecendo atualizações automáticas de seus sistemas, bem como a manutenção e segurança de todos os seus softwares, além de todos os benefícios que o Cloud Computing tem a oferecer.

Gostou deste conteúdo? A computação na nuvem é apenas uma das tecnologias da Indústria 4.0 que pode ser aplicada às confecções. Para saber mais sobre o assunto, baixe gratuitamente nosso ebook, preenchendo o formulário a seguir. Até a próxima!

 

sobre o autor
Audaces
A Audaces é referência mundial no desenvolvimento de soluções inovadoras para o setor da moda, integrando processos, pessoas e tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscando por algo?
Pesquisar

Mais Recentes

Tire suas dúvidas e saiba como ter a sua confecção de moda própria

6 cursos de modelagem que vão ajudar a melhorar seu desempenho

Confira a tabela de composição dos tecidos e conheça os mais utilizados

Conheça a multissolução Audaces360 e otimize a sua produção desde já!

Entenda o cenário atual e como se manter competitivo no mercado da moda

Artigos relacionados