Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

25/11/2013

Moda se inspira na arquitetura para criar coleções

2 min

No processo de criação de moda, algumas fontes são inevitáveis inspirações para a concepção de temas, formas, silhuetas e até mesmo cartelas de cores. A arquitetura é um dos exemplos mais notáveis destas fontes, estando sempre presente nos cadernos de esboços e nos releases das coleções de estilistas e designers de moda, acessórios e joias.

 

 

 

Moda se inspira na arquitetura/ Reprodução

Especificamente no Brasil, podemos perceber que a moda se inspira na arquitetura. Maior exemplo disso é o trabalho de Oscar Niemeyer, usado como referência para criadores nacionais e até internacionais. Sua meticulosidade na forma, função e linhas curvas já inspiraram diversas coleções de marcas de moda consagradas, a exemplo da Calvin Klein, assinada por Francisco Costa na coleção de verão 2012. O estilista Pedro Lourenço na estreia de sua marca em 2010 também se inspirou na arquitetura de Niemeyer; a Converse criou uma coleção especial em 2010 inspirada nos manuscritos do arquiteto.

 

 

 

Obras arquitetônicas inspiram estilistas na criação de moda/ Reprodução

A moda se inspira na arquitetura de Frank Gehry e Kenzo Tange também. O trabalho dos dois arquitetos aparecem de forma recorrente nas coleções de moda. Gehry, conhecido por seu estilo desconstrutivista e orgânico, criou obras icônicas como o Museu Guggenheim, em Bilbao na Espanha, que já inspirou muitas criações, inclusive de marcas como Gloria Coelho, Ana Salazar, Tiffany &Co, dentre outras. Já Tange, que mistura alta tecnologia a princípios humanistas, possui como ponto de referência as curvas e bordas marcantes, que já inspiraram coleções de estilistas japoneses como Kenzo, Issey Miyake e Jum Nakao.

A estilista sensação do momento, Mary Katrantzou, já utilizou a arquitetura em um projeto original inspirado no complexo de apartamentos“Neo Bankside” de Londres. A partir de fotos tiradas por Matthew Donaldson, Mary estampou vestidos e deu formas a roupas conceituais, para mostrar um novo serviço de design sob medida, maior intenção do projeto.

São muitas as formas e fontes em que moda e arquitetura se entrelaçam, demonstrando que vestir um corpo, adorná-lo e abrigá-lo faz parte da criação do homem tanto na arquitetura quanto na moda.

“Moda é arquitetura, é só uma questão de proporção.” 
(Chanel)

Por Gabriela Maroja
Professora e Coordenadora da Graduação e Pós-Graduação em Moda no Unipê/JP

Saiba mais…
– Arquitetura inspira coleção da Thierry Mugler
Thomasine Barnekow: a arte de desenhar acessórios de moda

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

robôs transportando estoque

12/11/2021

O que são e como funcionam as fábricas inteligentes

Escrito por Audaces

mulher tocando tela holográfica

05/11/2021

A importância do IoT para as Indústria e as Confecções 4.0

Escrito por Audaces

19/10/2021

Degradê Confecções: como a empresa cresceu 13% com as soluções Audaces

Escrito por Audaces

inteligência artificial na moda

09/06/2021

IA e Moda: influência da Inteligência Artificial na Indústria Fashion

Escrito por Audaces

PLM na confecção de moda

28/05/2021

PLM: o que é, benefícios e como aplicá-lo na Indústria da Moda

Escrito por Audaces

rolos de tecidos em fábrica têxtil

19/11/2021

5 tendências para o segmento têxtil e a indústria da moda

Escrito por Audaces

produto descontinuado Audaces

10/11/2021

Audaces comunica a descontinuidade de peças e suprimentos de Jet Print e Jet Print Plus

Escrito por Audaces