Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

28/08/2014

Livro narra a trajetória de Conrado Segreto

 

Por Eduardo Vilas Bôas
Professor de Moda do Senac SP

 

Conrado Segreto nasceu em 1960, foi um dos mais aclamados estilistas do Brasil no fim dos anos 80 e início dos 90. Ao lado dos costureiros José Nunes, Fernando José e Ugo Castellana, formou o famoso quadrilátero da “Alta Costura Paulistana”.

 

 

 

 

 

Iniciou sua carreira aos 29 anos passando desde a assistência à estilista Gloria Coelho ao lendário desfile na Casa Rhodia, em 1989. Integrou a Cooperativa de Moda junto a Walter Rodrigues, Jum Nakao e Marita de Dirceu, e passou pelo Studio Berçot, de Marie Rucki, em Paris. Na década em que o exagero predominava, a Alta Costura legítima apontava seus primeiros sinais de decadência e o minimalismo japonês despontava, Segreto destoava no mercado ao evocar uma mulher luxuosa e delicada, clássica e irreverente.

Durante sua meteórica carreira realizou apenas quatro desfiles (Casa Rhodia, Faap, Museu do Ipiranga e Casa Manchete), pois morreu jovem, aos 32 anos (em 1992), em decorrência da AIDS. Mas isso não impediu que seu nome ficasse marcado na história da moda brasileira. O estilista Tufi Duek declarou no programa Roda Viva, da TV Cultura, em janeiro de 2013, que Segreto "era um talento. Se ele estivesse vivo, teria uma carreira internacional fácil!".

A crítica de moda Regina Guerreiro foi outra a sucumbir ao talento de Segreto. “Quando Conrado Segreto apareceu pela primeira vez na minha sala e na minha vida, meu olho arregalou, meu coração acelerou, tudo porque… ah, enfim, até que enfim algo emocionante estava me acontecendo: aquele menino topetudo, olho vivo, gesto ansioso, tão ansioso que sem querer deixou que todos os seus desenhos escapassem de sua pasta e fossem parar no chão. Eu, mais ansiosa ainda, acabei de joelhos, na pressa de poder ver logo tudo”.

Essas afirmações sobre Conrado estão contidas no livro “Conrado Segreto – Moda e Paixão” (200 páginas, Luste Editores), que homenageou o talento deste estilista brasileiro nos 20 anos de sua morte, celebrados ano passado.
 

 

Num país com pouca memória de moda, essa obra veio a enriquecer as fontes de estudos. Além de croquis, fotos e textos, o livro traz depoimentos de vários ícones da moda, como Costanza Pascolato, Gloria Coelho, Giovanni Frasson, Walter Rodrigues, Claudia Liz e Patrícia Carta. Vale a leitura!

Assista a coletânea dos quatro desfiles de Conrado Segreto:
 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

Como ajustar o gancho da calça no Audaces Moldes

12/01/2021

Como ajustar o gancho da calça no Audaces Moldes

Escrito por Audaces

como-fazer-moldes-de-roupa

17/12/2020

Como fazer moldes de roupa com precisão e rapidez, pelo computador

Escrito por Audaces

modelagem digital audaces

05/01/2021

Como é feita a modelagem digital com a multissolução Audaces 360

Escrito por Audaces

melhor-software-CAD-para-moda

05/01/2021

O que é software CAD e por que usar para produzir moda

Escrito por Audaces