Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa
audaces-isa-planeje-gerencie-colecao-audaces

05/07/2021

Benefícios da gestão de projetos para as confecções

4 min

A gestão de projetos, definida como o gerenciamento dos conhecimentos, recursos e habilidades necessárias para a execução de um determinado projeto, é uma área da administração que tem se tornado cada vez mais eficiente dentro das empresas — independentemente do porte ou segmento de atuação.

Isso porque, por meio da aplicação de metodologias próprias, ela proporciona aos gestores um controle maior sobre a execução de tarefas e o cumprimento do cronograma de execução das atividades, por meio de 3 grupos fundamentais:

  • Organização e definição: etapa na qual são escolhidos os responsáveis pelo empreendimento, bem como a definição dos objetivos, expectativas de resultados, levantamento de recursos e formação de equipes (quando não se trata de uma empresa com setores);
  • Planejamento: momento em que são definidos os prazos, geralmente por meio de um cronograma de execução. Aqui também são estruturadas as etapas de desenvolvimento da criação, além do levantamento dos fatores de risco e eventuais soluções;
  • Gerenciamento: quando todo o planejamento é executado e, de fato, administrado pelo gestor, que certifica-se do cumprimento das etapas preestabelecidas.

Na indústria da moda, há a constante criação de novos projetos, simbolizados pelas coleções de moda e a criação de peças conforme as tendências e as coleções. Nesse contexto, a gestão de projetos funciona como uma ferramenta de controle para que todas as etapas de criação e confecção sejam feitas da melhor forma possível.

Quer saber quais os benefícios da gestão de projetos para a sua confecção? Acompanhe o conteúdo que o blog Audaces preparou:

gestão de projetos na confecção

Gestão e ciclo de vida dos projetos

Um projeto é, por essência, um esforço temporário, um empreendimento que tem por objetivo atingir algum resultado — seja ele financeiro, pessoal, coletivo, empresarial etc. Graças a essa característica temporal, um projeto possui um ciclo de vida bem definido:

  • Iniciação: como o próprio nome sugere, essa etapa é focada na reunião das informações iniciais para a viabilização do projeto, como as ideias e conceitos, além da pesquisa de mercado/concorrência, também conhecido como benchmark;
  • Planejamento: etapa em que acontece o detalhamento do escopo do projeto: quem são os responsáveis? Qual o orçamento necessário? Quantas peças serão produzidas (no caso da moda)? Além disso, é o momento em que o cronograma da coleção é pensado e montado;
  • Execução e monitoramento: com tudo preparado, é hora de colocar o projeto em prática, contando com a supervisão e a correção de erros, quando necessários;
  • Conclusão: momento em que os saldos são contabilizados: o resultado do esforço atingiu as expectativas? Quais foram os erros e os acertos durante as fases anteriores?

Vale ressaltar que, apesar de serem parecidos, as etapas do gerenciamento de projetos não são as mesmas que a do projeto em si. Em termos de gestão, para cada uma de suas etapas, o gerenciamento cuidará de estabelecer metodologias, ferramentas, checklists e até mesmo softwares para garantir que as etapas do projeto sejam executadas da forma mais assertiva.

Porém, a principal diferença é que, enquanto a parte da gestão (e consequentemente, suas etapas) estão concentradas principalmente no gestor (dependendo da metodologia isso pode mudar), as etapas do projeto envolvem o time/setor todo.

gerenciamento de coleção Audaces Isa
Audaces Isa é uma ferramenta digital de gerenciamento de coleção que oferece visão sistêmica de todos os processos da produção, status de peças, relatórios e muito mais.

Benefícios da gestão de projetos na Indústria da Moda

Como você sabe, o mundo da moda possui regras de funcionamento próprias, especialmente por ter forte vinculação com tendências mais ou menos sazonais, resultando em coleções e peças que geram diversos processos e projetos cíclicos dentro de uma coleção.

Graças a esses fatores, para que um produto de moda seja bem sucedido, é fundamental que todos os processos que o envolvam, da concepção à distribuição, sejam bem gerenciados. E é nesse ponto que a gestão de projetos proporciona diversos benefícios:

  • Redução de custos de produção

Os custos de produção são o principal elemento que envolve o gerenciamento de produção. Isso porque são eles que determinam o custo final da peça, o lucro da produção e os preços de mercado.

De uma forma geral, quanto menor o custo, maiores são os lucros obtidos com cada peça e, para que esse objetivo seja atingido, é preciso eliminar gargalos, evitar desperdícios e adotar práticas sustentáveis na confecção.

As ferramentas de gestão de projetos, especialmente a supervisão, a autogestão e a análise crítica são importantes aliados para a eliminação de custos invisíveis — aqueles que acontecem durante a produção.

Com isso, é possível obter não somente uma produção mais lucrativa, mas também mais limpa e ecológica, especialmente durante as etapas de modelagem, com o máximo aproveitamento de tecido, e de confecção, com a diminuição de erros de produção.

  • Cumprimento dos prazos de execução

A maioria das indústrias e confecções já adotam medidas para evitar atrasos nas coleções, certo? O que acontece é que, na maioria das vezes, elas acabam gerando tensões internas nos times — seja pela falta de integração ou por pressão —, o que aumenta as chances de erros que dificultam a produção.

Nesse ponto, a gestão de projetos atua de forma a aumentar a consciência dos profissionais sobre o tempo de execução do escopo do projeto, traçando objetivos claros, eficientes e, sobretudo, dentro da realidade e das condições profissionais de cada membro dos times.

Na Indústria da Moda, isso é um grande benefício porque todos os trabalhos precisam estar em sincronia para que o calendário seja cumprido.

  • Aumento da previsibilidade dos esforços

Além dos efeitos de um bom gerenciamento de projetos a curto e médio prazo, é preciso pensar, também, em suas consequências benéficas a longo prazo. Imagine que você, gestor, resolve trabalhar a gestão nesse aspecto da sua confecção.

A longo prazo, você vai perceber que, por mais diferentes que os projetos sejam entre si, todos eles possuem etapas-base que são fundamentais para o desenvolvimento deles. Com base nessas informações, será possível prever e antecipar quais esforços serão necessários para executá-lo, quais os membros do time mais adequados para cada etapa e quais os desafios e soluções vocês terão pela frente.

Com isso, a gestão da moda evolui gradativamente na empresa, sendo capaz de gerar mais lucros e impulsionar o desempenho dos profissionais, sem eliminar os aspectos criativos e específicos do segmento fashion.


No blog da Audaces, você aprende tudo sobre gestão, produção e o mundo fashion. Que tal saber mais sobre os profissionais do futuro e o que a Indústria 4.0 exigirá deles? Assine nossa newsletter e não perca nenhuma atualização!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

Arara de Roupas

21/07/2021

Prêt-à-porter: das origens aos dias atuais – Audaces explica

Escrito por Audaces

Parceria 2Rios

17/07/2021

Audaces e 2 Rios: conheça essa parceria de sucesso

Escrito por Audaces

tipos de modelagem

15/07/2021

Conheça as técnicas de modelagem plana, tridimensional e vetorizada

Escrito por Audaces