Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

10/02/2014

Arquétipos provocam emoções e mudam comportamentos

Por Eduardo Vilas Bôas
Professor de Moda do Senac SP

Os arquétipos são símbolos que determinam o que sentimos quando os vemos, ouvimos ou percebemos, não importa se de forma consciente ou inconsciente. Eles também podem ser formas, sons, gestos, símbolos, cores, comportamentos, texturas, atitudes, situações, odores, personalidades etc.

Assim, quando uma pessoa vê, ouve ou percebe um arquétipo, determinados neurotransmissores e hormônios (endorfina, dopamina, serotonina) são produzidos pelo seu organismo, gerando emoções, depois sentimentos e provocando comportamentos. A pessoa não tem a menor ideia da influência que está recebendo, ainda mais quando a percepção é inconsciente. Mas espontaneamente racionalizará o seu comportamento, criando e pensando em desculpas ou razões para justificar suas atitudes.

Dessa forma, quando um arquétipo é associado a um determinado produto, inevitavelmente associaremos aquelas emoções e sentimentos ao próprio artigo – isto se chama neuroassociação.

Logo, podemos induzir a emoção que quisermos em nós ou em outros, estimulando a criação dos neurotransmissores. Os estímulos como, por exemplo, imagens associativas ou neuroassociações provocam a reação do circuito de recompensa do cérebro, fazendo com que a cada vez que seja estimulado, haja um reforço do circuito e assim por diante.

Por isso, o consumidor precisa estar sempre exposto a condições que os estimulem, principalmente no ponto de vendas (PDV). Só o conhecimento apurado do público-alvo nos dará base para saber o que formará neuroassociações positivas nesse cliente, como uma cor, um estilo de música ou um aroma específico.

A Política de Visual Merchandising adotada pela loja multimarca chinesa de cuecas UM foi baseada em "traços masculinos". Isto é, o escritório de design Four Lau and Sam Sum tentou injetar humanidade no design da loja, associado aos estilos moderno e abstrato, utilizando-se do cinza carvão profundo como base e amarelo como ponto de foco. Assim, vários arquétipos que se comunicam com o público masculino foram empregados, vejamos:

1. Os manequins amarelos produzem uma imagem alta e forte com o objetivo de destacar uma atitude de comportamento real e urbana, tornando-os centro das atenções.
2. Os enormes manequins amarelos nos remetem a bananas e a sua conotação fálica: símbolo de poder, autoconfiança e dignidade diante das mulheres.

 

 

Design da loja da marca UM reforça símbolos masculinos/Reprodução

 

3. A vitrina mostra uma réplica de moto em escultura aerodinâmica e futurista operada por um manequim masculino. É uma combinação perfeita de abstrato e moderno, sinalizam aos homens o prazer pelo controle e enfatiza o dinamismo.

 

4. Os modelos foram usados para trazer o lado firme e viril dos homens: formas geométricas com arestas, papel de parede camurça, granito travertino preto, aço inoxidável escovado e vidro fumê.

5. O "M" projetado na parede da loja é a inicial de "Men", tomando a atenção dos clientes com a sua maximização e sinalização de força.

 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

Mapeamento de processos

26/01/2022

A importância do mapeamento de processos para a confecção

Escrito por Audaces

Coleção de moda

26/01/2022

Saiba quais os processos envolvidos na criação de uma coleção de moda

Escrito por Audaces

Gestão do tempo

25/01/2022

Saiba como fazer uma boa gestão do tempo para alavancar resultados

Escrito por Audaces