Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa
styling

31/01/2017

Você sabe o que é styling?

Por Francys Peruzzi Saleh,
professora do Curso Técnico em Vestuário no Instituo Federal Sul-Rio-Grandense

Basicamente, styling é uma maneira de combinar roupas e acessórios, exibindo-os do modo mais atraente ou desejável possível, para que sejam vendidos.

Isso pode incluir, por exemplo, a escolha de acessórios (cintos, sapatos e joias) para complementar e combinar com um vestido. As roupas podem ser produzidas individualmente ou como grupos de produtos (mostrando uma cartela de cores), com ou sem um modelo.

styling

O processo de styling envolve selecionar e experimentar um grande número de peças alternativas para chegar à composição perfeita

Funções de styling

Os stylists trabalham com styling para editoriais de moda (revistas e jornais); styling de moda comercial (publicidade); em desfiles e eventos de moda; e como stylist pessoal para clientes particulares.

A designação do stylist também pode variar: ele pode ser conhecido como produtor de moda. Em jornais e revistas os stylists são chamados de editores e assistentes de moda; e em lojas de moda, podem ser chamados de personal shoppers.

Além da natureza prática do assunto, o styling tem muito a ver com a opinião do profissional, que expressa sua visão de moda, muitas vezes intuitiva. Mesmo no começo de sua carreira de stylist, você não será julgado apenas por suas habilidades práticas: suas próprias ideias, visão e preferências serão evidentes em cada peça de trabalho que você produzir.

Origens do styling

Os primeiros stylists eram editores de moda que trabalhavam exclusivamente para revistas de moda. Esses editores realmente “editavam” as roupas e as páginas de moda e selecionavam os designers que seriam destaque na revista.

Sob a direção inicial do editor de moda, o relacionamento mais importante durante a sessão de fotos era entre fotógrafo e modelo. Durante os anos 1960, era comum que as modelos fizessem a própria maquiagem e cabelo e trouxessem seus próprios acessórios para a sessão de fotos, o que dispensava o uso de uma terceira pessoa. Durante os anos 1980, surgiram os primeiros stylists freelancers, que trabalhavam para revistas como The Face e i-D.

Como essas revistas não tinham uma equipe permanente de moda, os stylists freelancers podiam aplicar suas ideias inovadoras a uma variedade de publicações e clientes. O stylist se tornou parte do editorial de moda, um colaborador essencial para o processos de criação de imagens, que não estava vinculado a uma única revista ou ponto de vista.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

Novembro Azul

30/11/2020

Novembro Azul: A cor da moda para os homens

Escrito por Audaces

produto-de-moda-desenvolvimento-industria-4.0-audaces

24/11/2020

Como aperfeiçoar o produto de moda com tecnologias da Indústria 4.0

Escrito por Audaces

indústria têxtil

24/11/2020

Indústria têxtil: matérias-primas podem ser naturais e químicas?

Escrito por Audaces