Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

08/10/2014

Sentido do fio do tecido no Molde

Por Polyane Carlota
Docente e Designer de Moda e Vestuário, Tecnóloga Têxtil e sócia da Camisaria Carlota Reis

O sentido do fio do tecido é um termo comum no setor do vestuário, mas, apesar de parecer simples, há várias dúvidas sobre o efeito proporcionado por cada sentido, portanto, vamos abordar esse assunto a seguir.

No momento do corte da peça, o sentido do fio do tecido afetará o caimento da roupa no corpo. Existem três modos de cortar uma peça. Conheça-os, a seguir.

No sentido do Urdume:
Este é o sentido mais comum e mais utilizado. O fio do tecido no molde fica paralelo à ourela. O fio usado no sentido longitudinal traz mais resistência e evita deformação da peça depois de confeccionada.

No sentido da Trama:
Esse sentido do fio do tecido é utilizado em partes do molde que são cortadas em ângulo de 90 graus em relação à ourela. Os moldes cortados no sentido da Trama geralmente são mais decorativos, como punhos, palas e golas. Utilizado quando o objetivo é obter uma peça leve e volumosa, como a saia godê ou evasê.

No sentido Viés:
No sentido viés o molde é cortado em ângulo de 45 graus em relação ao urdume e à trama. Roupas com corte em viés possuem mais movimento e se modelam naturalmente ao redor do corpo. A desvantagem é que consome muito mais tecido do que os outros dois sentidos.

 

Leia mais:

Sentido do fio em viés no Audaces Vestuário

Sentido do fio do tecido determina o caimento da roupa

Aprenda a usar a ferramenta sentido do fio do Audaces Vestuário

Moulage: Fio do tecido

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

Novembro Azul

30/11/2020

Novembro Azul: A cor da moda para os homens

Escrito por Audaces

produto-de-moda-desenvolvimento-industria-4.0-audaces

24/11/2020

Como aperfeiçoar o produto de moda com tecnologias da Indústria 4.0

Escrito por Audaces

indústria têxtil

24/11/2020

Indústria têxtil: matérias-primas podem ser naturais e químicas?

Escrito por Audaces