Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

25/10/2021

As diferenças entre a Indústria 3.0 e 4.0: tecnologia e inovação

4 min

Pode não parecer, mas as diferenças entre a Indústria 3.0 e a Indústria 4.0 são muitas e extremamente significativas para todos nós. A história da sociedade é contada paralelamente ao curso da evolução da forma de se produzir e consumir produtos. 

 
Desde a Primeira Revolução Industrial, no século XVII, temos, ao longo do tempo, encontrado novas formas de interagir com os insumos e produzir bens de consumo, dentre eles as peças de vestuário que fazem parte da Indústria Fashion – que, por sua vez, também passou por intensas modificações ao longo dos séculos. 

 
O percurso, de 1.0 à mais atual, 4.0, é cheio de detalhes que merecem ser compartilhados. Por esse motivo, o blog Audaces preparou um conteúdo rico com a história da Indústria até seu momento atual e o que podemos esperar da Revolução 4.0. 

 
Acompanhe a leitura e saiba tudo sobre o assunto: 

 
O percurso da Indústria – do 1.0 aos dias atuais 

A história da Indústria pode ser dividida em 3 grandes momentos, ou Revoluções. Historicamente, eles foram responsáveis por transformar significativamente as relações socioeconômicas, assim como impactar diretamente a estrutura da sociedade em suas épocas. 

Primeira Revolução Industrial – Indústria 1.0 

O primeiro grande momento da indústria aconteceu no século XVII, na Inglaterra. A chamada Primeira Revolução Industrial foi a responsável por introduzir a manufatura como modelo de produção – grandes quantidades em menor tempo. 

 
Isso graças ao uso do carvão e do vapor como fontes de energia. Por esse motivo, esse momento da Indústria é conhecido pelas grandes máquinas a vapor, como o tear, as engrenagens, trens, navios etc. 

 
O impacto dessa transformação foi intenso. Na Europa, as relações comerciais tornaram-se centralizadas na manufatura, que é mais rápida e mais barata que o produto manual. 

Segunda Revolução Industrial – Indústria 2.0 

 
Mais adiante, no século XIX, a descoberta da eletricidade e do petróleo fizeram com que a Indústria passasse por uma nova Revolução. A substituição das máquinas a vapor pelas elétricas proporcionou às indústrias um aumento na eficiência produtiva, o que acelerou ainda mais o ritmo de produção dos dois séculos anteriores. 

Também nesse período, introduziram-se novas formas de pensar e organizar as linhas de montagem. O Fordismo, por essência, dinamizou a produção das manufaturas ao definir que cada grupo de operários fizessem uma parte específica da produção, e não mais o produto completo como funcionava até então. 

Esse modelo se popularizou e foi fundamental para o desenvolvimento das linhas de montagens como as temos hoje. Todas essas transformações também impactaram as sociedades do mundo todo. 

Terceira Revolução Industrial – Indústria 3.0 

 
A Terceira Revolução Industrial, responsável por implementar a Indústria 3.0 no mundo, aconteceu na década de 70 e foi a grande responsável por introduzir o conceito de automação nas fábricas. 

Isso é, substituir o trabalho humano por máquinas inteligentes, programas e algoritmos que executassem parcialmente o trabalho, tornando-o mais rápido e eficiente. 

Atualmente, estamos em período de transição para uma nova fase da produção, a chamada Indústria 4.0, em que a questão tecnológica fica ainda mais evidenciada e necessária para o setor industrial. 

 
A Indústria 4.0 – conheça as suas características 

 
À medida que novas tecnologias são criadas, novas formas de interação homem-máquina são criadas. Mas, de uma forma geral, todas elas têm objetivos em comum: facilitar processos, encurtar distâncias, gerar lucros

Na Indústria, essas tecnologias se somam às desenvolvidas durante os séculos de desenvolvimento para criar uma nova forma de produção, a Indústria 4.0 que, mesmo em fase de implementação, já é responsável por uma verdadeira revolução nos meios produtivos e no gerenciamento. 

Chamamos de Indústria 4.0 a aplicação das tecnologias de dados, informações e comunicações dentro da cadeia de produção, por meio de conceitos como o Big Data, IoT (internet das coisas), BI (business intelligence), robótica e afins. O objetivo principal é atingir altos níveis de automação e integração de informações entre diferentes setores. 

O uso de soluções hipertecnológicas e máquinas superinteligentes é uma das principais características da Revolução 4.0, além da integração de áreas como a Engenharia, Robótica, TI e Biologia. 

Como resultado, tem-se um modo de produção mais ágil, assertivo, econômico, transparente e integrado em todos os aspectos. 

Diferenças entre a Indústria 3.0 e 4.0 

 
Apesar de a distinção entre as indústrias 3.0 e o 4.0 ser evidente, ainda há muitas dúvidas em torno do assunto — seja por desconhecimento da existência da Quarta Revolução ou dos limites da Terceira Revolução em termos de automação. Por isso, separamos as principais diferenças entre elas, confira: 

  • Apesar de ser voltada à automação, a Indústria 3.0 limita-se a sistemas físicos, enquanto a versão 4.0 é focada nos sistemas cyber-físicos, ou seja, reais e virtuais ao mesmo tempo; 
  • A Inteligência Artificial (IA) é a precursora da Indústria 4.0. Por meio dela, integram-se conceitos como machine learning (máquinas inteligentes), BI, gerenciamento de grandes volumes de dados, processamento e síntese de voz e muitos outros atributos que proporcionam automação; 
  • O nível de integração na Indústria 3.0 está concentrada nos setores — cada um possui suas informações computadorizadas e acessíveis em seus servidores locais. Na Quarta Revolução, todos os dados estão disponíveis a todos os setores (o objetivo é a integração total e o gerenciamento 360). 

 
Na prática são inúmeras outras as diferenças entre as versões 3.0 e 4.0 da Indústria. No entanto, vale ressaltar que o grau tecnológico é o principal fator de diferença, uma vez que a Terceira Revolução aconteceu nas décadas atrás e a Quarta Revolução é orientada pelas tecnologias de hoje (e do futuro). 

Agora que você já sabe a diferença entre a indústria 3.0 x 4.0, que tal saber mais sobre as tecnologias do futuro para o setor da moda? Acompanhe o blog Audaces para saber tudo sobre Indústria Fashion e Tecnologias. 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

robôs transportando estoque

12/11/2021

O que são e como funcionam as fábricas inteligentes

Escrito por Audaces

mulher tocando tela holográfica

05/11/2021

A importância do IoT para as Indústria e as Confecções 4.0

Escrito por Audaces

19/10/2021

Degradê Confecções: como a empresa cresceu 13% com as soluções Audaces

Escrito por Audaces

inteligência artificial na moda

09/06/2021

IA e Moda: influência da Inteligência Artificial na Indústria Fashion

Escrito por Audaces

PLM na confecção de moda

28/05/2021

PLM: o que é, benefícios e como aplicá-lo na Indústria da Moda

Escrito por Audaces

rolos de tecidos em fábrica têxtil

19/11/2021

5 tendências para o segmento têxtil e a indústria da moda

Escrito por Audaces

produto descontinuado Audaces

10/11/2021

Audaces comunica a descontinuidade de peças e suprimentos de Jet Print e Jet Print Plus

Escrito por Audaces