Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

22/10/2013

Gerações juvenis: como elas se relacionam com a moda?

Uma etapa de transição. Era exatamente desta forma que os adolescentes passaram a ser vistos a partir da metade do século XX. Mais rebeldes e com comportamento transgressor, essa geração buscava constantemente construir uma identidade própria. Encontraram na vestimenta uma forma de se expressar, criando um estilo diferente.

Com o objetivo de entender a complexidade do vestir e qual a função que a moda exerce para os adolescentes, o artigo “Gerações juvenis e a moda: das subculturas à materialização da imagem virtual” traz à tona o histórico e a relação das gerações juvenis com as vestimentas. O texto enfatiza os jovens contemporâneos, como a Geração Y, que vivem em duas realidades distintas (virtual e real) e como eles lidam com o corpo e com a moda. O artigo também aborda características dos Baby Boomers e da geração X.

Gerações Juvenis
A partir da metade do século XX, cada uma das gerações subsequentes ganharam nomes específicos a fim de identificar facilmente as fases de forma cronológica, bem como analisar os momentos históricos e a moda.

A primeira geração é a dos Baby Boomers, nascidos entre 1946 e 1964. Esses jovens foram marcados por guerras e guerrilhas, ditaduras militares, crises educacionais e dos valores morais, que os levou à revolta. Essa juventude escolheu a divisão em tribos com características distintas de vestuário e ideologias. Os Mods, Punks, Rastafaris, Teddy Boys, entre outros, surgiram neste período. Nos anos 60 e 70, estudos pioneiros começaram a avaliar a orientação de consumo desses jovens: música, roupas e outros signos da subcultura juvenil.

 

Geração Baby Boomers sai às ruas com o objetivo de revolucionar o ambiente em que viviam/ Reprodução

Já a Geração X são aqueles que nasceram entre 1986 e 1981 e se caracterizam pelo fato dos pais trabalharem fora e, ao invés dos passeios nos parques, preferiram ficar nos quartos assistindo televisão e jogando videogame. Apresentaram um comportamento mais introspectivo, diferente da geração anterior, que queria ganhar as ruas. Diferente dos Baby Boomers, as novas possibilidades de estilos tomaram conta do cenário e surgiu o conceito “supermercado de estilos”. Grande parte dos adolescentes desta geração imitaram os looks dos seus ídolos. As influências desta geração vieram da música: Rap, Hip Hop, Grunge, Hard Rock, New Wave, Pop, Acid House, Techno, entre outras.

 

 

 

A Geração X trocou os passeios nos parques por TV e videogame/ Reprodução

Geração Y é representada por aqueles nascidos no período entre 1982 e início do século XXI e sua principal diferença é o contato com as novas mídias e uso das tecnologias. Conectam-se ao mundo pela internet, tendo desde a infância o digital nas suas vidas. As formas de comunicação são diferentes das gerações anteriores e ultrapassam, com o apoio da internet, os grupos escolares e a vizinhança, alcançando um mundo sem fronteiras e virtual.

 

 

 

A Geração Y é conectada com a internet/ Reprodução

 

No próximo texto será abordado a relação entre a geração Y e a moda de forma mais detalhada.

Fonte
Artigo "Gerações juvenis e a moda: das subculturas à materialização da imagem virtual"
 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

Novembro Azul

30/11/2020

Novembro Azul: A cor da moda para os homens

Escrito por Audaces

produto-de-moda-desenvolvimento-industria-4.0-audaces

24/11/2020

Como aperfeiçoar o produto de moda com tecnologias da Indústria 4.0

Escrito por Audaces

indústria têxtil

24/11/2020

Indústria têxtil: matérias-primas podem ser naturais e químicas?

Escrito por Audaces