Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

17/12/2015

Dicas de como melhorar a produção na confecção de roupas

4 min

Você já deve ter se perguntado qual é a importância de uma ficha técnica, não é? Bom, este é o primeiro passo para entender como melhorar a produção na confecção de roupas.

A ficha técnica é um importante documento que orienta a comunicação entre todos os envolvidos no processo produtivo, desde a equipe de criação até a embalagem. Cada empresa desenvolve o seu próprio modelo de ficha, de acordo com as suas necessidades, evidenciando as informações que julga mais relevantes para direcionar a confecção das peças.

Fichas técnicas bem feitas podem ser o segredo de como melhorar a produção na confecção de roupas. Para isso, se constituem de informações bastante importantes, que listaremos abaixo:

  • Logo da empresa

A logo serve para enfatizar a identidade visual da marca, e padronizar a sua estética. Quando uma mesma empresa possui diversas linhas de roupas, esta logo também mantém a organização da produção, e ajuda na seleção do processo.

  • Temporada e Coleção

Esta informação também é primordial em termos de organização e de arquivamento das coleções desenvolvidas. Ela facilita ainda o acesso à modelos produzidos em temporadas anteriores, quando necessárias as consultas.

  • Data

A definição da data em que está sendo processado cada modelo, auxilia na gestão dos processos que se seguem.

  • Modelo e Código

Evidentemente, é necessário definir o modelo ao qual a ficha se refere, e estabelecer o seu código ou número de referência. Esta informação também é primordial em termos de organização da produção, pois todo o processo se comunicará através deste número ou nomenclatura, que são definidos assim que o modelo é aprovado na etapa de criação.

  • Descrição do Modelo

Uma breve descrição do modelo orienta a modelista e pilotista na confecção da peça, bem como segue a orientar as etapas subsequentes. Esta informação deve ser bastante rica em detalhes, inclusive de acabamentos.

  • Etiquetas

O tipo e o posicionamento de cada etiqueta deve estar declarado na ficha técnica. Assim, quando chegar na produção, as etiquetas a serem usadas já estarão devidamente separadas para aplicação, e as costureiras poderão inseri-las na peça sem a necessidade de orientações pessoais.

  • Beneficiamento

Sempre que a peça levar qualquer tipo de tratamento adicional, seja de lavanderia, bordados ou estampas, deve estar descrito neste local da ficha técnica. Assim como as informações anteriores, esta declaração deve ser bastante detalhada e orientar a aplicação evitando erros.

  • Matéria-prima

Esta é outra informação imprescindível para compor uma ficha técnica. Ela se subdivide entre Matéria-prima Principal, referente ao tecido, malha ou outro material têxtil que deva ser aplicado à peça; e Matéria-prima Aviamento, que como o nome já diz, aponta os aviamentos a serem utilizados na sua confecção. Cada uma das categorias segue a mesma sequência de informações, que se compõe de:

  1. Tipo de Material – definidos através do nome ou número de referência;
  2. Consumo – indicando a quantidade de cada material que será consumido pela peça;
  3. UM – Unidade de Medida, que baseia os cálculos de custo da peça;
  4. Composição – quais as fibras ou material químico que compõem cada uma das matérias-primas;
  5. Cor – pode referenciar a todas as variantes de cor do modelo ou apenas uma das cores em cada ficha;
  6. Fabricante a importância desta informação provém da variância que existe em qualidade, tonalidade do material e da própria gramatura do tecido ou dos fios;
  7. Fornecedor – informação referente à oferta de preço para cada lote adquirido;
  8. Preço – referente ao material em sua unidade de medida;
  9.  Preço de Custo da Peça – cálculo baseado no preço dos materiais em relação ao consumo.

 

  • Desenho Técnico

O desenho técnico é a ilustração gráfica perfeitamente idêntica ao modelo final. Ele deve conter todos os detalhamentos e acabamentos pretendidos no modelo, com observações e cotas quando necessário.

  • Foto da Peça

Quando finalizada a prototipia e aprovada a peça, é inserida na ficha técnica uma foto do modelo, ele também serve como guia na confecção da peça.

  • Mix e Variações

Em uma tabela, são apresentadas as variações do modelo, referentes à cores e tamanhos.

  • Observações

Este campo é apenas um espaço para anotações de observações adicionais que a peça possa requerer e que não estejam contemplados nos itens fixos da ficha técnica.

Algumas fichas técnicas possuem páginas adicionais para detalhamento específico de determinadas etapas da confecção. Um exemplo é a estamparia ou bordados, nesta página, há detalhamento dos materiais a serem aplicados, as cores, posicionamento e o próprio desenho da estampa.

Um dos adicionais comuns é a ordem de execução da confecção da peça, que serve como um passo a passo. Ele é definido para otimizar o processo de produção e não ocorrer equívocos que possam ocasionar retrabalhos ou defeitos nas peças.

Podemos observar que a ficha técnica serve como um mapa para produção de cada modelo. Sua utilização tem por objetivo aperfeiçoar a produtividade, reduzir custos de produção e tempo empregado, bem como tornar o processo padronizado em uma sequência bem elaborada.

Este é um importante objetivo da Gestão de Design, que prima pelo estabelecimento de processos eficazes e otimizados, minimizando erros e desperdícios ao mesmo tempo em que exploram as melhorias e a fluidez em cada uma das etapas de produção.

Você já utiliza fichas técnicas no seu processo de produção? Se ainda não utiliza, vale à pena estrutura-las, será uma ótima oportunidade para você entender como melhorar a produção na confecção de roupas vai evitar gargalos e desperdícios. Pense nisso!

 

Leia mais

Erros comuns no desenvolvimento de roupa: dicas para superar
Tempo ocioso na indústria têxtil custa caro e impacta produtividade
Baixe modelos de ficha técnica de produto para confecção de roupas

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

25/10/2021

As diferenças entre a Indústria 3.0 e 4.0: tecnologia e inovação

Escrito por Audaces

19/10/2021

Degradê Confecções: como a empresa cresceu 13% com as soluções Audaces

Escrito por Audaces

semanas-de-moda-america-latina-principales-audaces-figura6

27/08/2021

7 eventos fashion do Brasil e do mundo para conhecer

Escrito por Audaces