Audaces - We are the industry 4.0

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa
modelos na passarela

24/02/2016

A moda brasileira: herança de uma mistura bem-feita

Por Lucía Andrea
Designer e empresária de moda

Muito se fala sobre a cultura brasileira em infinitas tentativas de defini-la, mensurá-la ou quantifica-la em um conceito compacto. Mas suas origens remontam a uma mistura tão bem feita, que já se torna difícil traçar um ponto de partida. No entanto, alguns dos seus ingredientes deixaram marcas evidentes na identidade nacional. A moda brasileira, em seu sentido amplo de fenômeno social, adquire características próprias do povo no qual está inserida. Mas afinal, quais seriam essas características?

Para responder a essa pergunta, é indispensável olhar para trás, para as origens do próprio Brasil. Tal como tratou Darcy Ribeiro, em O Povo Brasileiro três são as matrizes responsáveis pelo caldo cultural que temos hoje no país: indígena, portuguesa e africana. E apesar de terem se passado mais de 500 anos, ainda é possível identificá-las, na moda brasileira.

A herança da floresta

O cronista francês Jean de Léry viajou ao Brasil na segunda metade do século XVI e conviveu durante muito tempo com os índios tupinambás. Em sua obra, Viagem à terra do Brasil, descreveu a maneira como os índios se cobriam e se ornamentavam. Alguns desses detalhes permaneceram vivos no imaginário brasileiro: cabelos compridos e soltos, orelhas furadas, prazer em mostrar as nádegas, gosto pelo corpo pintado e bem cuidado com óleos vegetais, hábito da depilação, colares de contas enrolados aos braços, cestas de palha que viraram bolsas, colares atravessados dos ombros à cintura e também a nudez por puro prazer, sem exibição.

O estilo lusitano: uma mistura ainda mais remota

azulejos português

Durante o descobrimento do Brasil, vivia-se na Europa a época do Renascimento. O estilo da indumentária possuía algumas interpretações próprias em Portugal, que por sua vez havia sido fortemente influenciado pelos mouros. Caracterizava-se especialmente pelo luxo e desembarcou no Brasil junto às primeiras mulheres que aqui se estabeleceram. Posteriormente, esse estilo se viu influenciado também pelas francesas, que chegaram ao Novo Mundo trazendo seu conhecimento como modistas, floristas e chapeleiras. Mais tarde uniram-se ainda as influências inglesas, polonesas, ciganas e judaicas, afinal, muitos foram os que aqui vieram buscando um recomeço.

Hoje, ainda é possível observar na moda brasileira algumas expressões do estilo lusitano (e misto!), das quais se destacam: as anáguas com fitas e bordados nas barras, os brincos de ouro filigranado, os lenços e véus para a cabeça, os tamancos de madeira, o gosto pelos tecidos bordados ou trabalhados e as cores verde e vermelho.

Mãe África

Apesar da maioria dos escravos serem despidos ao chegar no Brasil, ex-princesas ou delicadas adolescentes africanas deixaram um vasto legado indumentário, reflexo de um povo que colocava a mulher na condição de uma “deusa-mãe-rainha” na maioria das tribos. Debret e Rugendas, em suas pinturas, bem mostravam os tecidos listrados, à forma de cangas, as cores vivas bem combinadas entre si, os colares, pulseiras e demais adornos usados pelos negros que mais tarde seriam a matriz mais expressiva da cultura brasileira.

Hoje ainda podemos identificar, oriundos daquela época, detalhes tão africanos e ao mesmo tempo tão tupiniquins, presentes no dia-dia da moda brasileira: brincos de argolas, minissaias, unhas compridas (usadas para fazer cafuné!), tornozeleiras, paixão pelo tecido branco, os chinelinhos de salto (permitidos apenas quando o escravo era alforriado), além de claro, a infinidade de enfeites de proteção, como patuás, bentinhos, figas, balangandãs, fitinhas, medalhas, entre tantos outros.

estampa brasileira

Para saber mais

– A partir da obra de Darcy Ribeiro, O Povo Brasileiro, foi produzido um documentário que leva o mesmo nome. De forma muito didática, descreve passo-a-passo a formação cultural do Brasil.

  • A jornalista Gilda Chataignier, em seu artigo “Influências Étnicas na Formação da Moda Brasileira” (usado como referência para o presente artigo), faz um paralelo entre as características de vestir dos povos que formaram o Brasil e a moda atual.

 

Saiba mais:

Processo criativo e sistema de difusão de moda

Dicas para potencializar o processo criativo de moda

Á moda de Debret: pesquisa de costumes e moda

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Você também pode gostar de ler:

febratex 2022

07/06/2022

Audaces na Febratex 2022: como a tecnologia 4.0 vai estar presente na moda do futuro?

Escrito por Audaces

o que é cloud computing

27/05/2022

Cloud computing: o que é e como suas tecnologias auxiliam na confecção

Escrito por Audaces

just in time o que é

13/05/2022

Just in time: o que é, como funciona e como é aplicado na Indústria

Escrito por Audaces

saas o que é e como funciona

11/05/2022

SaaS: saiba como funciona o software como serviço

Escrito por Audaces

mulher ensinando o funcionamento do Audaces Supera

06/04/2022

Audaces Supera: gerenciando o processo de encaixe e eliminando desperdícios

Escrito por Audaces

empreendedora de moda com ateliê ao fundo

01/04/2022

Empreendedorismo feminino: como atuam as mulheres no fortalecimento do setor industrial?

Escrito por Audaces

vista panorâmica de grande indústria

30/03/2022

Saiba como a tecnologia tem sido aplicada no setor industrial

Escrito por Audaces

24/03/2022

Tecido crepe: conheça mais sobre ele e suas aplicações

Escrito por Audaces

Os 12 estilos de moda: caiba qual é o seu

22/03/2022

Os 7 estilos de moda universal e suas características

Escrito por Audaces

Mulher ao computador controlando operação fabril

17/03/2022

Lean manufacturing: conheça os princípios da manufatura enxuta

Escrito por Audaces

esteira de produção em uma indústria

15/03/2022

A automatização industrial no contexto das confecções 4.0 – conheça os benefícios

Escrito por Audaces

modelo em passarela

10/03/2022

Como produzir um editorial de moda – guia completo Audaces

Escrito por Audaces

robô simulando pose humana com quadro de fórmulas ao fundo

08/03/2022

O que é Machine Learning e como ele atua na Indústria 4.0

Escrito por Audaces

Audaces 30 years

03/03/2022

30 anos de Audaces: entrevista com os fundadores Claudio Grando e Ricardo Cunha

Escrito por Audaces

rolos de tecido coloridos

24/02/2022

Fibras têxteis: tudo o que você precisa saber sobre o assunto – manual Audaces

Escrito por Audaces

rosto de estátua grega com fundo preto

22/02/2022

O que é Belo? Conheça seu conceito para a arte e o mundo da moda

Escrito por Audaces

04/02/2022

O que é e qual a importância de um PCP na confecção de Moda?

Escrito por Audaces

Transformação digital

01/02/2022

Transformação digital: benefícios e impactos nas indústrias e confecções

Escrito por Audaces

roupas penduradas no cabide

31/01/2022

Tendências do ano de 2022 para o segmento têxtil

Escrito por Audaces

Mapeamento de processos

26/01/2022

A importância do mapeamento de processos para a confecção

Escrito por Audaces

Coleção de moda

26/01/2022

Saiba quais os processos envolvidos na criação de uma coleção de moda

Escrito por Audaces

Gestão do tempo

25/01/2022

Saiba como fazer uma boa gestão do tempo para alavancar resultados

Escrito por Audaces

laptop com ícones de aplicativos na tela

20/01/2022

A importância do BI para análise de dados e tomada de decisões

Escrito por Audaces

Indústria-4-0

17/01/2022

Indústria 4.0: tudo o que você precisa saber sobre o futuro da confecção

Escrito por Audaces

circuito azul e roxo

14/01/2022

O que é Big Data e como ele colabora para a Indústria 4.0

Escrito por Audaces

Inteligência Artificial

13/01/2022

IA e Moda: influência da Inteligência Artificial na Indústria Fashion

Escrito por Audaces

rolos de tecidos em fábrica têxtil

10/01/2022

5 tendências para o segmento têxtil e a indústria da moda

Escrito por Audaces

macchine taglio tessuti

07/12/2021

Sala de corte 4.0: a solução para a eficiência na etapa produtiva

Escrito por Audaces

robôs transportando estoque

12/11/2021

O que são e como funcionam as fábricas inteligentes

Escrito por Audaces

mulher tocando tela holográfica

05/11/2021

A importância do IoT para as Indústria e as Confecções 4.0

Escrito por Audaces

19/10/2021

Degradê Confecções: como a empresa cresceu 13% com as soluções Audaces

Escrito por Audaces

Chanel alta-costura outono 2018

13/07/2021

O que são as macrotendências e como elas influenciam o mundo da moda

Escrito por Audaces

sistema de transporte mais seguro e renderização 3D

28/06/2022

Manufatura avançada: saiba o que esperar do futuro da indústria 

Escrito por Audaces

Mulher escrevendo lista de inventário enquanto verifica o estoque na sala de armazenamento.

28/06/2022

Entenda o que é e como fazer o inventário de estoque da sua confecção

Escrito por Audaces