Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

20/12/2013

Produção exclusiva de moda segue regras para ser alta-costura

2 min

Por Ana Luiza Olivete
Designer de Moda, Professora e Consultora Empresarial

Nascida em Paris no século XIX, a alta-costura veio reforçar esta supremacia francesa e é, ainda hoje, uma especialidade. É uma indústria protegida por lei com regulamentações rígidas e governada pela Chambre Syndicale de la Couture Parisienne; refere-se à produção exclusiva de moda (sob medida), uma indústria que emprega poucos, mas habilidosos funcionários, com trabalho essencialmente artesanal, com peças feitas a mão.

 

Ateliê de Alta-Costura de Elsa Schiaparelli, anos 30/ Fonte: site Meoublier

O círculo da alta-costura parisiense é tão restrito que para se denominar um trabalho de produção exclusiva de moda e usar a denominação alta-costura como publicidade da marca, deve-se obedecer a certos critérios, tais como:

– Ser associado da Chambre Syndicale de la Couture Parisienne;
– Ter localização em Paris, especificamente entre as três mais importantes avenidas Montaigne, Georges V ou Champs Elysées;
– Empregar processo produtivo absolutamente manual, sem auxílio de máquinas de costura;
– Empregar, no mínimo, 20 funcionários especializados;
– Ter cinco andares na Maison, inclusive um espaço para desfiles das obrigatórias duas coleções por ano;
– Apresentar 35 modelos originais para o dia e para a noite, para cada coleção;
– As clientes podem encomendar peças sob medida. 
Fonte: Site Juliapetit

A Chambre Syndicale de La Coutura Parisiense foi fundada, no século XIX, com o intuito de diminuir consideravelmente o número de cópias dos desenhos de alta-costura. Quando iniciada contava com grandes nomes da moda como: Patou, Poiret, Vionnet, LanvinChanel, BalenciagaDior eSchiaparelli, entre outros.

Segundo Pauline Weston Thomas, em 1946, contava com 106 casas associadas, já em 1952, esse número passa para sessenta, e por volta de 1997, eram apenas dezoito. Hoje são apenas nove membros oficiais e mais três correspondentes estrangeiros, respectivamente Adeline André, Anne Valerie Hash, Chanel, Chistiann Dior, Franck Sorbier, Givenchy, Jean Paul Gaultier, Maurizio Galante, Stéphane Holland, Elie Saab, Maison Martin Margiela e Valentino. Conta com uma média de apenas 250 mulheres que compram constantemente alta-costura. (Fonte: site Fashion-era)

 

 

 

 

 

Vestidos de Alta-costura Elie Saab/ Reprodução

O que não impede que outras produções exclusiva de moda com características muito semelhantes ao da alta-costura possam acontecer em outras partes do mundo, mesmo que não designados como tal, como por exemplo, na Itália, onde é chamada de Alta Moda.

Leia também…
Alta-costura: do surgimento à segunda guerra
Haute couture: do pós-guerra à atualidade
Théâtre de la mode: minúcias da alta-costura francesa

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

robôs transportando estoque

12/11/2021

O que são e como funcionam as fábricas inteligentes

Escrito por Audaces

mulher tocando tela holográfica

05/11/2021

A importância do IoT para as Indústria e as Confecções 4.0

Escrito por Audaces

19/10/2021

Degradê Confecções: como a empresa cresceu 13% com as soluções Audaces

Escrito por Audaces

inteligência artificial na moda

09/06/2021

IA e Moda: influência da Inteligência Artificial na Indústria Fashion

Escrito por Audaces

PLM na confecção de moda

28/05/2021

PLM: o que é, benefícios e como aplicá-lo na Indústria da Moda

Escrito por Audaces

rolos de tecidos em fábrica têxtil

19/11/2021

5 tendências para o segmento têxtil e a indústria da moda

Escrito por Audaces

produto descontinuado Audaces

10/11/2021

Audaces comunica a descontinuidade de peças e suprimentos de Jet Print e Jet Print Plus

Escrito por Audaces