Ícone de Pesquisa

01/08/2022

A tecnologia que ajuda o designer de moda a melhorar seu trabalho

As exigências de um designer de moda são inúmeras e as respostas até o momento estão concentradas no desenvolvimento de um software 3D, com linguagens e competências técnicas que o façam funcionar em modo eficaz. Na prática, mais do que oferecer uma solução, criou-se um problema para os estilistas. Antes de aprovar a produção de uma peça ou coleção, o designer precisa ter controle total das fases sucessivas ao esboço, monitorar os processos e, sobretudo, aprovar cada atividade respeitando prazos necessários de entrega ao mercado.

Neste artigo veremos de que maneira a tecnologia pode estar à disposição do designer de moda para melhorar a qualidade e a eficiência do seu trabalho.

Quais são os desafios de um designer de moda?

O sucesso de uma marca de moda depende muito da sua capacidade de reduzir o time to market e da velocidade com que responde às mudanças de tendências, mesmo em estações já iniciadas.

As tendências hoje são ditadas principalmente por pessoas comuns, influencers e consumidores finais, se compararmos com uma década atrás, onde a moda derivava das estratégias de marketing das empresas do setor. Primeiro a moda low-cost e depois o fast fashion tiveram um impacto enorme sobre os custos finais dos produtos, obrigando a rever a produção de modo a torná-la mais eficiente. Além disso, atualmente as atenções estão cada vez mais voltadas para os aspectos da sustentabilidade, e a produção ágil é um algo a mais para se tornar competitivo.

Nas próximas linhas veremos como as novas tecnologias user-friendly podem ajudar o designer de moda a superar estes obstáculos e criar coleções sustentáveis, em um menor tempo e com uma maior eficiência nos processos.

Como valorizar as habilidades do designer de moda?

No vídeo abaixo, a professora Suzi Vaughan explica como a atualidade se caracteriza pelas mudanças contínuas e por revoluções tecnológicas sem precedentes, que causam muita incerteza nas pessoas. A sua dica é de tentar pensar como um fashion designer para desenvolver seu próprio potencial!

De acordoo com o e-book feito pela Ares 2.0, com o título “As novas profissões 4.0 no sistema de moda”, o papel do designer vai muito além do ato de desenhar roupas.

A figura do estilista evoluiu, adicionando ao estilo, ao faro por novas tendências e à criatividade, também as habilidades de comunicação e marketing, técnicas digitais e informáticas no uso de sistemas CAD e CAM, administrativas e relacionais. Vejamos com mais detalhes.

A capacidade de perceber, interpretar e elaborar as tendências, projetando coleções de acordo com a volatilidade do mercado, faz do designer de moda muito mais do que um criador de roupas, mas um verdadeiro guru, um visionário capaz de obter, analisar e influenciar costumes.

Mesmo que o papel do estilista tenha mudado muito, desde as suas origens com a industrialização do segundo pós-guerra, ainda hoje as figuras mais influentes são capazes de determinar as escolhas de consumo e os gostos, contaminando o tecido social e cultural até mesmo daqueles que aparentemente não tenham interesse no mundo da moda.

A criatividade pura e simples se une à capacidade de projetar uma coleção completa, identificando o conceito e a inspiração, escolhendo os tecidos, os fios, as cores, de acordo com a sua própria sensibilidade estética. O sucesso é determinado, assim, da ligação entre o mood board e as necessidades do cliente final.

Moodboard de um designer de moda.

O designer é, muitas vezes, a alma da marca: seus dons de comunicação podem ajudar a criar uma imagem social – cada vez mais importante hoje em dia – em direção à popularidade muito além das fronteiras da moda.

Do ponto de vista técnico, o processo criativo tradicional abraça o desenho dos esboços e o teste da peça sobre um manequim. Deste modo, a visão do estilista se concretiza na primeira peça-piloto. CAD, ou seja, computer-aided design, e 3D design estão se difundindo no setor, mas de forma lenta, sobretudo no caso do 3D.

O motivo? Para muitos designers, não existe nada comparado ao ato de desenhar roupas e expressar sua própria criatividade manualmente. Veremos mais para frente, no decorrer deste artigo, como superar obstáculos das competências técnicas sem precisar adaptar o trabalho criativo ao software 3D, mas pelo contrário, ter à disposição uma tecnologia user-friendly que se adapta às exigências de estilo.

Dependendo do tamanho da empresa e da personalidade, o designer também pode cuidar da inserção de esboços de computador para obter o desenho técnico e fazer as alterações diretamente no modelo virtual, acelerando os próximos passos.

As habilidades gerenciais e relacionais se combinam para tornar os processos eficazes, tornando-os mais rápidos e monitorando a cadeia de valor. A interação com os interlocutores internos está muitas vezes em risco, devido aos mal-entendidos que podem ser gerados na interpretação do esboço pelo modelista.

Desenhos feitos por um designer de moda

O designer de moda também se torna gerente de projetos, com experiência no campo econômico e financeiro. Em muitos casos, ele sabe como trabalhar com ferramentas de design, ele conhece os conceitos básicos de modelagem e produto e é capaz de operar máquinas de corte.

Não há apenas glamour, portanto, na vida do designer de moda!

Vamos agora passar para os processos que podem ser melhorados e simplificados graças à tecnologia da moda.

Como desenhar uma roupa em 4D?

Apesar de serem propostos no mercado como tecnologias revolucionárias, a tentativa dos softwares 3D de eliminar a necessidade de criação de protótipos não tem sido bem-sucedida, pois exigiu uma mudança drástica nos hábitos e na mentalidade dos designers.

Para adotar uma abordagem inovadora ao design de moda, sem comprometer em termos de criatividade, a tecnologia inovadora 4DAlize permite criar os modelos da coleção diretamente em um manequim tridimensional.

Desenho digital feito por um designer de moda no Audaces 4D.
Audaces 4D

Mesmo o modelista mais experiente, que conhece os comportamentos dos diferentes tecidos, precisa criar o protótipo e mostrar o resultado ao designer, para obter a aprovação e prosseguir com a realização da peça.

Com o software 4D, eles reduzem:

  • o tempo necessário para a interpretação do esboço do desenho para o protótipo;
  • as diferentes tentativas antes chegar à intenção inicial do designer.

A fase criativa é mais rápida, a comunicação mais decisiva e eficaz; com o apoio da tecnologia você pode criar, ver e simular a montagem de uma peça de vestuário, sem a necessidade da peça-piloto. Desta forma, a criação e aprovação dos modelos de uma coleção é melhorada e acelerada, com designers que podem continuar a ser criativos e não técnicos, graças a uma interface amigável.

Até mesmo o trabalho do analista responsável pela preparação da ficha-técnica, a partir do esboço do designer, é otimizado.

O valor único do 4D é o fator tempo, porque o desenho começa diretamente no programa e não requer mais a transformação de 2D para 3D, que causa grandes perdas de tempo.

Reduza o tempo de comercialização

Em uma publicação recente da McKinsey & Company, uma das chaves para o sucesso das marcas de moda na próxima década é sua capacidade de acelerar processos, transformando o modelo de negócios em uma abordagem orientada pela demanda.

Embora este tópico seja talvez mais diretamente sobre CEO’s ou CFO’s, é importante que os designers também estejam cientes dessa necessidade de uma mudança de mentalidade, porque o mercado não é mais o que era há 20 anos.

Comunicar suas ideias estilísticas rapidamente e deixar claro para todos na empresa como o designer quer fazer a peça, sem interpretações pessoais, é um passo essencial para reduzir o tempo de comercialização. Isto é tão importante hoje como os custos de produção, que serão o tema do próximo parágrafo.

Desenho digital e fichas técnicas sendo feitas por um designer de moda no Audaces Idea.

Com sua maior precisão técnica, o desenho 4D permite que o designer e o modelista ganhem tempo para a criação real, aumentando sua satisfação com o trabalho feito e eliminando os mal-entendidos frustrantes nas etapas a serem monitoradas.

Além de simplificar a realização do projeto, cada processamento pode ser fornecido dentro do software, por exemplo, a inserção de costuras, impressões e decorações. Além disso, a parte traseira é criada automaticamente de acordo com o design feito para a frente.

Depois do desenho, você introduz a informação técnica que pode criar uma previsão de custos. Vamos ver como.

Calcule os custos de produção das coleções

Ter a oportunidade de conhecer o pré-custo, antes de realizar o projeto final, é um valor agregado extremamente valioso para o designer. Perceber o custo real do produto para a realização do protótipo pode gerar um impacto excessivo no time to market e no processo criativo, gerando atrasos e frustrações.

Os materiais, o tempo esperado para a realização e distribuição, o número de itens a serem produzidos são algumas das informações que o software é capaz de processar fornecendo feedback imediato sobre a viabilidade e previsão de custos.

Os custos são integrados na ficha-técnica, possibilitando uma comunicação perfeita entre as áreas, com um correto processo de desenvolvimento e produção do início ao fim.

Os deadlines de curto prazo para o lançamento dos produtos, para coleções já iniciadas ou para edições limitadas, também são respeitados, economizando tempo para se dedicar à pesquisa e design, pois cada modelo é facilmente encontrado no arquivo digital, reutilizável e editável, de forma fácil e automática.

Faça a concepção de coleções sustentáveis

A sustentabilidade é uma questão estratégica para vários setores e o mundo da moda certamente não está excluído, aliás foi um dos primeiros a considerá-la decisiva.

Para ser verde, uma empresa de moda deve adotar processos e comportamentos sustentáveis, tanto do ponto de vista da cadeia de suprimentos quanto do ciclo produtivo, e também do ponto de vista social, de aspectos de comunicação e marketing.

Graças às tecnologias integradas e inteligentes da Indústria 4.0, as empresas de moda têm acesso a dados valiosos, atualizados em tempo real, em todas as etapas do processo criativo e de produção.

Como vimos, é possível conhecer a viabilidade de uma peça (ou de toda a coleção) bem antes dos protótipos serem feitos, otimizando comunicações e procedimentos. Isso não é tudo, porque o software mais avançado permite que você determine com precisão os pontos de costura e defina as áreas de corte, conectando-se à máquina que não desperdiçará nem um centímetro de tecido.

As funções inteligentes apoiam a equipe criativa, executiva e operacional na gestão e controle de processos, permitindo que você tome decisões mais eficazes em menos tempo, pois são baseadas em dados concretos e confiáveis. Se a produção for interrompida, o motivo é identificado imediatamente, desbloqueando a situação rapidamente, graças à visibilidade de 360 graus em toda a cadeia de valor.

Outra vantagem é a digitalização de arquivos altamente seguros e acessíveis com tecnologias de nuvem em todos os momentos.

Começar a projetar o conceito de uma nova coleção será fácil, com acesso a todo o banco de dados em apenas alguns cliques. Em termos de sustentabilidade, menos espaço físico é necessário para armazenar caixas, menos desperdício de papel para acompanhar as atividades e os tecidos em estoque são evidenciados, oferecendo oportunidades de reutilização.

O poder de transformar a moda está agora em suas mãos

O Audaces360 é a suíte mais completa, evoluída e fácil de usar para o mundo da moda. Você pode dar livre curso à sua criatividade, porque a solução irá ajudá-lo a ter sucesso com suas coleções, criando roupas incríveis com a segurança da viabilidade técnica de execução, mesmo antes do desenvolvimento ou produção, graças à integração de estilo, desenvolvimento, produção e até processos de vendas!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Você também pode gostar de ler:

Sistemas de corte automático funcionando da Indústria 4.0

03/08/2022

Conheça sistemas de corte de tecido avançados para controlar sua produção

Escrito por Audaces

Profissional trendsetter de moda criando conteúdo para uma marca.

02/08/2022

Você sabe o que são trendsetters e por que eles são tão importantes para a moda?

Escrito por Audaces

01/08/2022

A tecnologia que ajuda o designer de moda a melhorar seu trabalho

Escrito por Audaces

29/07/2022

Saiba tudo o que mudou no trabalho do modelista ou pattern maker

Escrito por Audaces

28/07/2022

Qual a melhor alternativa de sistema de produção para o seu negócio?

Escrito por Audaces

26/07/2022

Por trás da verdadeira revolução no mundo da moda com design 3D

Escrito por Audaces

Profissionais executam seu trabalho de modelagem em ateliê

22/07/2022

Conheça dicas importantes para melhorar o seu trabalho com modelagem

Escrito por Audaces

dois operários checando e anotando dados sobre a produção de uma fábrica

05/07/2022

Lead time: como organizar o tempo na sua indústria

Escrito por Audaces

sistema de transporte mais seguro e renderização 3D

30/06/2022

Manufatura avançada: saiba o que esperar do futuro da indústria 

Escrito por Audaces

Mulher escrevendo lista de inventário enquanto verifica o estoque na sala de armazenamento.

28/06/2022

Entenda o que é e como fazer o inventário de estoque da sua confecção

Escrito por Audaces

23/06/2022

Como calcular a vestibilidade da sua confecção de moda?

Escrito por Audaces

14/06/2022

Lead time de produção: aprenda como otimizar processos e calcular o ideal

Escrito por Audaces

febratex 2022

07/06/2022

Audaces na Febratex 2022: como a tecnologia 4.0 vai estar presente na moda do futuro?

Escrito por Audaces

o que é cloud computing

27/05/2022

Cloud computing: o que é e como suas tecnologias auxiliam na confecção

Escrito por Audaces

just in time o que é

13/05/2022

Just in time: o que é, como funciona e como é aplicado na Indústria

Escrito por Audaces

saas o que é e como funciona

11/05/2022

SaaS: saiba como funciona o software como serviço

Escrito por Audaces

mulher ensinando o funcionamento do Audaces Supera

06/04/2022

Audaces Supera: gerenciando o processo de encaixe e eliminando desperdícios

Escrito por Audaces

empreendedora de moda com ateliê ao fundo

01/04/2022

Empreendedorismo feminino: como atuam as mulheres no fortalecimento do setor industrial?

Escrito por Audaces

vista panorâmica de grande indústria

30/03/2022

Saiba como a tecnologia tem sido aplicada no setor industrial

Escrito por Audaces

24/03/2022

Tecido crepe: conheça mais sobre ele e suas aplicações

Escrito por Audaces

Os 12 estilos de moda: caiba qual é o seu

22/03/2022

Os 7 estilos de moda universal e suas características

Escrito por Audaces

Mulher ao computador controlando operação fabril

17/03/2022

Lean manufacturing: conheça os princípios da manufatura enxuta

Escrito por Audaces

esteira de produção em uma indústria

15/03/2022

A automatização industrial no contexto das confecções 4.0 – conheça os benefícios

Escrito por Audaces

modelo em passarela

10/03/2022

Como produzir um editorial de moda – guia completo Audaces

Escrito por Audaces

robô simulando pose humana com quadro de fórmulas ao fundo

08/03/2022

O que é Machine Learning e como ele atua na Indústria 4.0

Escrito por Audaces

Audaces 30 years

03/03/2022

30 anos de Audaces: entrevista com os fundadores Claudio Grando e Ricardo Cunha

Escrito por Audaces

rolos de tecido coloridos

24/02/2022

Fibras têxteis: tudo o que você precisa saber sobre o assunto – manual Audaces

Escrito por Audaces

rosto de estátua grega com fundo preto

22/02/2022

O que é Belo? Conheça seu conceito para a arte e o mundo da moda

Escrito por Audaces

Transformação digital

01/02/2022

Transformação digital: benefícios e impactos nas indústrias e confecções

Escrito por Audaces

roupas penduradas no cabide

31/01/2022

Tendências do ano de 2022 para o segmento têxtil

Escrito por Audaces

Mapeamento de processos

26/01/2022

A importância do mapeamento de processos para a confecção

Escrito por Audaces

Coleção de moda

26/01/2022

Saiba quais os processos envolvidos na criação de uma coleção de moda

Escrito por Audaces

Gestão do tempo

25/01/2022

Saiba como fazer uma boa gestão do tempo para alavancar resultados

Escrito por Audaces

laptop com ícones de aplicativos na tela

20/01/2022

A importância do BI para análise de dados e tomada de decisões

Escrito por Audaces

Indústria-4-0

17/01/2022

Indústria 4.0: tudo o que você precisa saber sobre o futuro da confecção

Escrito por Audaces

circuito azul e roxo

14/01/2022

O que é Big Data e como ele colabora para a Indústria 4.0

Escrito por Audaces

Inteligência Artificial

13/01/2022

IA e Moda: influência da Inteligência Artificial na Indústria Fashion

Escrito por Audaces

rolos de tecidos em fábrica têxtil

10/01/2022

5 tendências para o segmento têxtil e a indústria da moda

Escrito por Audaces

macchine taglio tessuti

07/12/2021

Sala de corte 4.0: a solução para a eficiência na etapa produtiva

Escrito por Audaces

robôs transportando estoque

12/11/2021

O que são e como funcionam as fábricas inteligentes

Escrito por Audaces

mulher tocando tela holográfica

05/11/2021

A importância do IoT para as Indústria e as Confecções 4.0

Escrito por Audaces

19/10/2021

Degradê Confecções: como a empresa cresceu 13% com as soluções Audaces

Escrito por Audaces

Chanel alta-costura outono 2018

13/07/2021

O que são as macrotendências e como elas influenciam o mundo da moda

Escrito por Audaces

PLM na confecção de moda

28/05/2021

O que é PLM, quais são seus benefícios e como aplicá-lo na indústria da moda?

Escrito por Audaces

22/11/2018

Saiba como encolher jeans é crucial para acabar com gargalos no desenvolvimento

Escrito por Audaces

Conheça 3 boas práticas para minimizar o impacto do consumismo na moda

05/07/2013

Conheça 3 boas práticas para minimizar o impacto do consumismo na moda

Escrito por Audaces

02/08/2022

Descubra o que é a indústria moveleira e quais são as tendências das próximas décadas

Escrito por Audaces