Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

21/03/2013

Tecnologia inspira a moda

Com o avanço da tecnologia, a moda também busca novidades, incorporando as descobertas high-tech aos tecidos da atualidade. As novas formas de expressão do vestuário se inspiram em inovações vindas da ciência ou de materiais comuns – como os utilizados tradicionalmente na cozinha.

O teflon, muito utilizado nas panelas, é introduzido aos tecidos com a função de reduzir o atrito do corpo com a água. Já os tecidos com nanopartículas de prata formam uma espécie de capa protetora contra as bactérias. Outra novidade são as malhas com características cosméticas. Tecidos que possuem propriedades modeladoras e emagrecedoras e peças que hidratam a pele.

A tecnologia não está presente apenas nos tecidos. Alguns sistemas podem ser implantados nas roupas e agregar novas funções a peça. Um exemplo é a camiseta criada para solucionar problemas de usuários com dificuldade de encontrar acesso a wi-fi nas ruas. Ao passar próximo a rede de algum estabelecimento, a peça identifica a conexão com a internet, acendendo uma barra de luz na roupa.

Tecidos inteligentes

Com filtro contra raio ultravioleta: há dois tipos de tecidos com proteção solar – um é confeccionado com substâncias anti-UV e possui propriedades permanentes; e o outro, leva uma espécie de banho de protetor solar, com duração de cerca de 20 lavagens. Em média, custam 15% a mais que os similares sem a tecnologia.
 

Imagem: Flexiwear

Tecidos com microcápsulas: possui bolhas com substâncias (hidratante, vitamina E, entre outros) fixadas às fibras. O atrito do corpo faz com que as capsulas se rompam, liberando as propriedades das capsulas. Custam cerca de 30% mais que o tecido similar sem a tecnologia.

 

 

 

 

Imagem: Blog Atitude Hot Pink

Deslizantes: recebem camadas de teflon, dando uma textura lisa e diminuindo o atrito com a água. Custam cerca de três vezes mais do que o tecido similar sem a tecnologia.

 

 

 

 

Imagem: Alibaba

De secagem rápida: tem a função de drenar o suor rente ao corpo e deixá-lo na parte mais superficial do tecido. Seca a um ritmo até dez vezes mais que os tradicionais e custa 10% a mais em comparação com tecidos similares sem a tecnologia.

 

 

 

 

Imagem: Elo7

Bacteriostático: mescla nanopartículas de prata com as fibras do tecido, formando uma capa de proteção contra as bactérias. Custa cerca de 50% mais caro em comparação ao tecido similar sem tecnologia.

 

 

 

 

Imagem: Vila Mulher

Com propriedades cosméticas: a fibra é uma combinação de propriedades botânicas e elementos marinhos como a quitosana, presente em produtos cosméticos. Protege a pele e promove a renovação celular, mantendo a elasticidade. Não foi encontrado dados sobre o valor.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

produto-de-moda-desenvolvimento-industria-4.0-audaces

24/11/2020

Como aperfeiçoar o produto de moda com tecnologias da Indústria 4.0

Escrito por Audaces

indústria têxtil

24/11/2020

Indústria têxtil: matérias-primas podem ser naturais e químicas?

Escrito por Audaces

Listras de tinta com cores do círculo cromático

16/11/2020

O que é círculo cromático e como combinar cores na moda

Escrito por Audaces