Audaces - Improve your design

Design de moda com foco em resultados para seu negócio

Ícone de Pesquisa

04/11/2014

Modelagem infantil: Como fazer?

2 min

Por Paula Guimarães
Modelista e Professora do SENAI Londrina

Para quem só trabalha com modelagem de adulto, fazer modelagem infantil pode parecer um desafio muito grande. A princípio tem-se a impressão de que as proporções e técnicas devem ser completamente distintas, porém as diferenças são poucas e, dependendo do modelo, a modelagem infantil pode ser até muito mais fácil do que modelar peças para adultos.

Nas peças infantis femininas, por exemplo, ao contrário da modelagem adulta, não há a necessidade de pences de busto, o que torna mais simples a execução de modelos de blusas, vestidos ou casacos de tecido plano.

Ao se desenvolver modelagem infantil é importante lembrar que as roupas devem ter conforto muito maior do que para o adulto, uma vez que crianças além de crescerem muito rapidamente ainda tem a característica de se movimentarem com muita frequência e não tolerarem vestir peças incômodas.

Falaremos neste e nos próximos posts sobre técnicas de modelagem e alguns detalhes de acabamentos que fazem a diferença ao se desenvolver peças para os pequenos.

Vejamos este modelo de vestido simples, porém frequentemente utilizado por marcas infantis.

 

Modelagem infantil

Modelagem infantil

Modelagem infantil

Para começar é preciso traçar o molde do corpo da frente e das costas:
Traçar ¼ da medida do tórax pela altura da cintura. A largura do tórax para a cintura desce reto, pois normalmente as crianças não têm cintura acentuada. É importante observar que o centro frente deve ser um centímetro mais comprido do que o restante do corpo para que a frente do vestido não empine, e acrescido um centímetro de cada lado para folga de movimento. Os moldes da parte superior devem ser cortados duplos para que o forro seja do mesmo tecido, ou cortado uma vez no tecido principal e uma vez no forro, proporcionando um acabamento de boa qualidade.

A parte inferior, ou seja, a saia frente do vestido, é um retângulo com a altura desejada, medida a partir a cintura pela medida do tórax para que fique uma saia com bastante franzido. A saia das costas deve ter a metade da medida do tórax, já que a abertura e o abotoamento serão nas costas. A partir da saia pronta, fazer o forro da saia três centímetros mais curta para não aparecer conforme o movimento.

O cinto é feito de forma bem simples, com um retângulo de 12 cm pela medida da cintura mais 4 cm de transpasse. É sempre interessante colocar um enfeite como um laço ou uma flor de tecido, como a que está no modelo, em roupas infantis, o que faz toda a diferença. A flor do exemplo é feita de círculos como “fuxico” unidos no centro

Toda a modelagem pronta fica da seguinte forma:

Leia mais:

Calça infantil saruel com babado

Gradução de tamanhos infantil: a diferença entre a graduação adulta 

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Você também pode gostar de ler:

07/05/2021

Moda gestante: como as mulheres grávidas se vestiram ao longo do tempo

Escrito por Audaces

design-thinking-en-la-educacion-creatividad-audaces

06/05/2021

Como os princípios do design contribuem com a moda?

Escrito por Audaces

gerente-de-producion-actividad-profesional

28/04/2021

Gerente de Produção, o que faz esse profissional?

Escrito por Audaces